Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/906860
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorDEUNER, C. C.por
dc.contributor.authorSOUZA, R. M. depor
dc.contributor.authorISHIDA, A. K. N.por
dc.contributor.authorZACARONI, A. B.por
dc.contributor.authorPINHO, E. V. de R. vonpor
dc.contributor.authorMACHADO, J. da C.por
dc.contributor.authorCAMERA, J. N.por
dc.contributor.otherCAROLINA CARDOSO DEUNER, UPF; RICARDO MAGELA DE SOUZA, UFLA; ALESSANDRA KEIKO NAKASONE ISHIDA, CPATU; ANA BEATRIZ ZACARONI, UFLA; EDILA VILELA DE RESENDE VON PINHO, UFLA; JOSÉ DA CRUZ MACHADO, UFLA; JULIANE NICOLODI CAMERA, MESTRANDA UPF.por
dc.date.accessioned2011-11-23T11:11:11Zpor
dc.date.accessioned2011-11-23T11:11:11Zpor
dc.date.available2011-11-23T11:11:11Zpor
dc.date.available2011-11-23T11:11:11Zpor
dc.date.created2011-11-23por
dc.date.issued2011por
dc.identifier.other45183por
dc.identifier.urihttp://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/906860por
dc.descriptionNeste estudo foi testada a técnica de condicionamento fisiológico em meio agarizado para inoculação de Curtobacterium flaccumfaciens pv. flaccumfaciens (Cff) em sementes de feijão. Na primeira etapa, avaliou-se o comportamento das sementes de feijão cultivar Pérola, durante o pré-condicionamento osmótico em substrato agarizado com restrição hídrica. Os tratamentos consistiram em expor, por diferentes períodos de tempo, sementes de feijão desinfestadas a quatro níveis de restrição hídrica do meio 523 (-0,55, -0,75, -0,95 e -1,15 MPa), com o uso de quatro substratos (meio 523, meio 523+KCl, meio 523+manitol e meio 523+sacarose). Como testemunha, utilizou-se o meio 523 sem restrição hídrica (-0,55 MPa). Decorridos os respectivos tempos, avaliou-se a percentagem de sementes com protrusão radicular e, posteriormente, o teor de água, a germinação e os padrões enzimáticos das sementes. Na segunda etapa do estudo, avaliou-se o crescimento de quatro isolados de Cff (Cff DF - Feij-2936, Cff PR - 12768, Cff SC - Feij-2928 e Cff SP - Feij-2634) em substrato agarizado com restrição hídrica. Os tratamentos da terceira etapa foram definidos com base na primeira etapa, em que o melhor tratamento foi o meio 523 com manitol no potencial hídrico de -0,95 MPa e com 48 horas de exposição das sementes no meio agarizado. Na segunda etapa, verificou-se que o isolado de Cff SC (Feij-2928), proveniente do estado de Santa Catarina, apresentou o melhor crescimento no substrato e no potencial hídrico definido na primeira etapa. Portanto, foi possível a inoculação artificial de sementes de feijão com Cff por meio da técnica de condicionamento fisiológico em substrato agarizado, sem o comprometimento de sua qualidade fisiológica.por
dc.description.uribitstream/item/47517/1/01.pdfpor
dc.languagept_BRpor
dc.language.isoporpor
dc.publisherRevista Brasileira de Sementes, v. 33, n. 1, p. 9-20, 2011.por
dc.relation.ispartofEmbrapa Amazônia Oriental - Artigo em periódico indexado (ALICE)por
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectPhaseolus vulgaris L.por
dc.subjectMurcha-de-curtobacteriumpor
dc.subjectRestrição hídrica.por
dc.titleInoculação de Curtobacterium flaccumfaciens pv. flaccumfaciens em sementes de feijão por meio da técnica de condicionamento fisiológico.por
dc.typeArtigo em periódico indexado (ALICE)por
dc.date.updated2015-04-08T11:11:11Zpor
dc.subject.thesagroFeijão.por
dc.ainfo.id906860por
dc.ainfo.lastupdate2015-04-08por
dc.identifier.doihttp://dx.doi.org/10.1590/S0101-31222011000100001por
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CPATU)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
01.pdf1,07 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace