Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/917764
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Rondônia - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2011
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: SANTOS, L. O.
SOUZA, J. P. de
TOWNSEND, C. R.
PEREIRA, R. G. de A.
SALMAN, A. K.
CASSARO, J. D.
RIBEIRO, R. da S.
Additional Information: Leilane Oliveira Santos, Bolsista do CNPq/ PIBIC, Embrapa Rondônia; Josilane Pinto de Souza, UNIRON; CLAUDIO RAMALHO TOWNSEND, CPAF-RO; RICARDO GOMES DE ARAUJO PEREIRA, CPAF-RO; ANA KARINA DIAS SALMAN, CPAF-RO; Juliana Darós Cassaro, Graduada em Agronomia, UNIRON; Rodrigo da Silva Ribeiro, Graduado em Agronomia, UNIRON.
Title: Características morfogênicas e estruturais de gramíneas com potencial de uso em sistemas de integração Lavoura-Pecuária-Floresta (iLPF) em Rondônia.
Publisher: Revista Pesquisa e Criação, Porto Velho, n. 10, Suplemento especial, p. 401-405, 2011. Edição dos anais do 20. Seminário Final de Iniciação Científica.
Language: pt_BR
Keywords: B. ruziziensis
P. infestum.
Description: Em experimento conduzido na Embrapa Rondônia em Porto Velho, foram determinadas e comparadas as características morfogênicas e estruturais de cinco gramíneas forrageiras, com potencial de uso em iLPF (Brachiaria ruziziensis, B. brizantha cultivares Marandu, Xaraés e Piatã, e Panicum maximum x P. infestum-cv. Massai), estabelecidas em vasos contendo solo Podzólico Vermelho-Amarelo distrófico. As cultivares (cvs.) de B. brizantha apresentaram características morfogênicas e estruturais semelhantes, à exceção da duração de vida de folha e número de folhas por perfilho. Essas cvs. demandaram maior tempo térmico para emitirem uma nova folha, as quais persistiram mais, em relação às da B. ruziziensis e às do Massai. A taxa de expansão de folhas foi semelhante para todas as gramíneas, mas quanto à senescência, as cvs. de B. brizantha senesceram mais lentamente que a B. ruziziensis e Massai. As cvs. de B. brizantha mantiveram menor quantidade de folhas por perfilho e perfilharam menos, mas em contrapartida, suas folhas e perfilhos foram maiores que da B. ruziziensis e Massai. Com base nessas características as cvs. de B. brizantha devem ser submetidas à frequência e intensidade de desfolha mais lenientes em relação ao Massai e à B. ruziziensis.
Thesagro: Brachiaria Brizantha
Panicum Maximum.
Data Created: 2012-03-06
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CPAF-RO)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
claudiopibic2011.pdf56,34 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace