Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/922498
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Amazônia Oriental - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2012
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: PEREIRA, M. E. M.
BARROS, L. de F. C.
BORGES, S.
COSTA, C. F. G. da
VASCONCELOS, S. S.
Additional Information: Michel Emerson Martins Pereira, GRADUANDO UFRA; Laise de Fátima Costa Barros, GRADUANDO UFRA; SIBELE BORGES, GRADUANDA UFRA; Cristiane Formigosa Gadelha da Costa, BOLSISTA DTI; STEEL SILVA VASCONCELOS, CPATU.
Title: Estoque de raízes em sistemas agroflorestais sequenciais tradicional e alternativo na Amazônia Oriental.
Publisher: In: ENCONTRO AMAZÔNICO DE AGRÁRIAS, 4., 2012, Belém, PA. Agricultura familiar: mecanismos de desenvolvimento no cenário amazônico: anais. Belém, PA: UFRA, 2012.
Language: pt_BR
Keywords: Derruba e queima
Derruba e trituração
Preparo de área
Sistema agroflorestal.
Description: As raízes são a principal fonte de entrada de matéria orgânica para o solo, principalmente em sistemas que utilizam o fogo para o preparo de área. O objetivo do trabalho foi avaliar o estoque de raízes em diferentes manejos da vegetação secundária em sistemas agroflorestal sequencial na Amazônia Oriental. O trabalho foi desenvolvido no município de Igarapé-Açu (PA) em Latossolo amarelo de textura média. Avaliaram-se os seguintes tratamentos: dois sistemas agroflorestais seqüenciais diferentes (com queima e com trituração no preparo de área) e uma floresta secundária (capoeira). As amostras de solo foram coletas com trado e armazenadas sob refrigeração. Em seguida, foram lavadas com água corrente sobre peneiras de 2 e 1 mm, nessa ordem, para retirada de partículas de solo. Em seguida, as amostras foram separadas em três classes de diâmetro (mm): ≤ 2,0; 2,1-5,0 e 5,1-10,0. Depois foram secas em estufa (65 ºC, 48 h) e pesadas. O estoque de raízes na classe de diâmetro ≤ 2 mm diferiu significativamente entre a capoeira e a trituração (média ± erro padrão, 0,45 ± 0,06 e 0,24 ± 0,04 Mg ha-1, respectivamente), porém estes não diferiram da queima (0,30 ± 0,03 Mg ha-1). Na classe de diâmetro de 2,1-5,0 mm, não houve diferença significativa entre os tratamentos avaliados. No período de estudo estabelecido, não foi possível detectar efeito dos diferentes manejos de preparo da área no estoque de raízes.
Thesagro: Raiz.
Data Created: 2012-04-17
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CPATU)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EstoqueRaizes.pdf539,56 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace