Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/929227
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Soja - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Issue Date: 2012
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: TORRES, A. R.
GRUNVALD, A. K.
MARTINS, T. B.
SANTOS, M. A.
LEMOS, N. G.
SILVA, L. A. S.
HUNGRIA, M.
Additional Information: CNPq - RHAE Bolsista; CNPq - RHAE Bolsista; CNPq - DTI; CNPq - RHAE; CNPq - RHAE; Soytech Seeds; MARIANGELA HUNGRIA DA CUNHA, CNPSO.
Title: Inferência sobre a estrutura populacional da soja comercializada no Brasil, usando dados genotípicos, para uso no mapeamento associativo de alto teor de proteína e maior eficiência na fixação biológica de nitrogênio.
Publisher: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE SOJA, 6., 2012, Cuiabá. Soja: integração nacional e desenvolvimento sustentável: anais. Brasília, DF: Embrapa, 2012.
Pages: 4 p.
Language: pt_BR
Description: Uma dificuldade encontrada nos programas de melhoramento de soja é a de aumentar o teor de proteína sem reduzir a produtividade de grãos. Para contornar essa dificuldade, uma alternativa seria melhorar a eficiência da fixação biológica de nitrogênio (FBN). A associação simbiótica entre a soja e bactérias das espécies Bradyrhizobium japonicum e B. elkanii tem importância mundial para a cultura. O presente trabalho teve como objetivo avaliar a estrutura populacional das principais cultivares de soja comercializadas no Brasil, usando dados genotípicos, para uso no mapeamento associativo de alto teor de proteína e maior eficiência na FBN. O experimento foi realizado no Laboratório de Biotecnologia do Solo da Embrapa Soja. Um total de 192 cultivares de soja foram genotipadas com 21 marcadores SSR relacionados a QTLs que controlam teor de proteína em soja. A genotipagem foi feita em geis de poliacrilamida a 10% e oito marcadores não ligados foram selecionados para análise de estrutura populacional com o software Structure. Foi testada a hipótese de 1 a 10 subpopulações, com mistura e frequências alélicas correlacionadas. O número de alelos na população variou entre 2 e 11, com uma média de 4,3 alelos por lócus. Somente dois marcadores não revelaram polimorfismo. Os resultados mostraram que a população está estruturada, com três subpopulações distintas entre as cultivares.
Thesagro: Soja.
Year: 2012-07-25
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CNPSO)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
274s301.pdf1,13 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace