Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/946405
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Gado de Corte - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Date Issued: 2013
Type of Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Authors: MATIDA, E. T.
CHIARI, L.
RESENDE, R. M. S.
FERNANDES, C. D.
ARGUELHO, E. G.
BOTH, D. P.
Additional Information: ELIZANGELA TIEKO MATIDA, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Campo Grande, MS; LUCIMARA CHIARI, CNPGC; ROSANGELA MARIA SIMEAO RESENDE, CNPGC; CELSO DORNELAS FERNANDES, CNPGC; EDIHANNE GAMARRA ARGUELHO, Universidade Estadual de Londrina (UEL), Londrina, PR,; DIEGO PAZINATO BOTH, Universidade Católica Dom Bosco - UCDB.
Title: Variabilidade genética de acessos da cultivar 'BRS Bela' de Stylosanthes guianensis usando marcadores moleculares RAPD.
Publisher: Ciência Rural, Santa Maria, v. 43, n. 1, p. 114-119, jan. 2013
Language: pt_BR
Keywords: Agrupamento
Variabilidade genética
Description: Taxonomicamente, Stylosanthes guianensis está dividida em quatro variedades botânicas: var. guianensis, var. pauciflora, var. canescens e var. microcephala. A cultivar ?BRS Bela? é uma das duas cultivares dessa leguminosa forrageira registradas no Brasil e é composta por uma mistura física de sementes de quatro acessos pertencentes a variedades botânicas ainda desconhecidas. O objetivo deste trabalho foi caracterizar a variabilidade genética entre os quatro acessos que compõem esta cultivar e determinar suas inter-relações com acessos de variedades botânicas conhecidas, usando a técnica de polimorfismos de DNA amplificados ao acaso (RAPD). Foram analisados 10 primers decâmeros em 36 acessos, do banco de germoplasma da Embrapa gado de Corte, de S. guianensis: 14 da variedade botânica pauciflora, 11 da var. guianensis, quatro da var. canescens, três da var. microcephala e os quatro acessos da cultivar 'BRS Bela'. As bandas amplificadas foram analisadas como dados binários e uma matriz de similaridade genética foi gerada, usando coeficiente de Jaccard. Com base na dissimilaridade genética, os acessos foram agrupados pelos métodos de ligação média entre grupos (UPGMA) e Tocher. A média de similaridade genética dentro das variedades botânicas foi de 0,72 para var. pauciflora, 0,63 para var. microcephala, 0,62 para var. canescens e 0,46 para var. guianensis. Entre os quatro acessos da cultivar ?BRS Bela?, esta média foi de 0,62. Ambos os métodos de agrupamento geraram resultados similares e tenderam a agrupar os acessos da mesma variedade botânica. Os acessos da cultivar ?BRS Bela? foram agrupados com acessos var. guianensis. Os resultados mostram que há variabilidade genética dentro das variedades botânicas de S. guianensis e entre os acessos da cultivar ?BRS Bela? e que existe uma tendência ao agrupamento por variedade botânica.
Thesagro: Marcador molecular
NAL Thesaurus: Stylosanthes
Cluster analysis
Genetic variation
Genetic markers
Data Created: 2013-01-25
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CNPGC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Lucimaraa1213cr4679.pdf344,8 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace