Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/974246
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Semiárido - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2013
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: SANTOS, M. G. dos
MATIAS, J. R.
OLIVEIRA, G. M. de
SILVA, J. E. S. B. da
BARBOSA, L. G.
SANTOS, R. S. dos
RIBEIRO, R. C.
DANTAS, B. F.
Additional Information: MAGALI GONÇALVES DOS SANTOS; JANETE RODRIGUES MATIAS; GILMARA MOREIRA DE OLIVEIRA; JOSÉ EDUARDO SANTOS BARBOZA DA SILVA; LAISE GUERRA BARBOSA; ROSÂNGELA SIQUEIRA DOS SANTOS; RENATA CONDURU RIBEIRO; BARBARA FRANCA DANTAS, CPATSA.
Title: Emergência de plântulas de catingueira-verdadeira irrigadas com água salobra e biossalina.
Publisher: In: JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA SEMIÁRIDO, 8., 2013, Petrolina. Anais... Petrolina: Embrapa Semiárido, 2013.
Pages: p. 21-26.
Series/Report no.: (Embrapa Semiárido. Documentos, 253)
Language: pt_BR
Keywords: Catingueira-verdadeira
Água biossalina
Natural resource.
Description: Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar a emergência de plântulas de catingueira-verdadeira (Poincianella pyramidalis Tul), sob diferentes níveis de salinidade da água de irrigação. O experimento foi conduzido em casa de vegetação na Embrapa Semiárido. As mudas foram produzidas em sacos de polietileno preto com capacidade para 2 kg, preenchidos com substrato areia+solo (1:1). Foi utilizado o delineamento inteiramente casualizado com três tratamentos e quatro repetições. Sementes e plântulas foram irrigadas diariamente, de acordo com os tratamentos: água de torneira, água biossalina e água salobra. Foram avaliados porcentagem (%E), tempo médio (TME), índice de velocidade (IVE), velocidade média (VME) e coeficiente de uniformidade de emergência (CUE). A %E não foi afetada pelos tratamentos aplicados; no entanto, as plântulas apresentaram menor TME e maiores IVE e VME, quando irrigadas com água de torneira e água salobra em relação àquelas irrigadas com água biossalina. Quanto ao CUE, não houve diferença entre os tratamentos. Podese concluir, que a catingueira-verdadeira pode ser classificada como tolerante à salinidade e que a reutilização de água biossalina é uma alternativa viável e sustentável para a produção de mudas dessa espécie.
Thesagro: Recurso natural
Caatinga
Muda
Salinidade.
Data Created: 2013-12-17
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CPATSA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
SDC253.pdf2.pdf58,67 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace