Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/975299
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Agroenergia - Tese/dissertação (ALICE)
Issue Date: 2013
Type of Material: Tese/dissertação (ALICE)
Authors: SANTOS, D. T. dos
Additional Information: DANIELA TATIANE DE SOUZA, CNPAE.
Title: Demanda e intensidade do uso de materiais básicos em economias recentemente industrializadas.
Publisher: 2013.
Pages: 188 p.
Language: pt_BR
Notes: Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, SP. Orientador: Prof. Dr. Marcelo Silva Pinho.
Keywords: Intensidade do uso
Materiais básicos
Economias recentemente industrializadas.
Description: Esta tese tem o objetivo de avaliar a evolução do dinamismo de longo prazo da demanda de materiais básicos de uso industrial, ocasionado pelo crescimento de alguns países recentemente industrializados, principalmente a China. A hipótese subjacente é que o dinamismo da demanda de materiais varia segundo o nível de desenvolvimento econômico. Um dos efeitos do crescimento chinês sobre a economia brasileira foi o reforço da inserção na economia mundial por meio da oferta de commodities básicas. Apesar dos fortes efeitos dinamizadores que o crescimento da demanda desses materiais tem exercido neste início de século sobre várias economias produtoras desses bens, permanece a interrogação sobre a continuidade no longo prazo desse movimento. A experiência histórica dos países mais avançados aponta para uma perspectiva de diminuição da intensidade do uso de alguns materiais, como resultado de inovações tecnológicas e modificações nos padrões de consumo. Cabe, portanto, avaliar se, em um horizonte temporal mais largo, tal redução pode difundir-se através de algumas economias de industrialização recente e limitar o dinamismo de uma inserção internacional especializada na oferta desses materiais. Para isso, a metodologia da pesquisa se apoiou em revisões da literatura sobre a teoria do desenvolvimento e intensidade do uso de materiais em países com graus diferenciados de industrialização. Ademais, levantamentos empíricos permitiram compor um quadro de informações quantitativas para papel e papelão, aço, cimento e alumínio, os quais serviram de subsídio para a construção de indicadores de intensidade do uso. As conclusões do trabalho apontam para uma queda na intensidade do uso nos países desenvolvidos, caracterizando um processo de desmaterialização em curso. Já em algumas economias de industrialização recente como a China, em dois dos quatro materiais estudados - cimento e aço - a perspectiva é claramente de esgotamento do dinamismo decorrente do crescimento do consumo chinês.
Thesagro: Demanda.
NAL Thesaurus: China.
Year: 2014-01-08
Appears in Collections:Tese/dissertação (CNPAE)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESEDanielaTatianedeSouza.pdf4,1 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace