Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/987649
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorCARVALHO JUNIOR, W. depor
dc.contributor.authorCHAGAS, C. da S.por
dc.contributor.authorMUSELLI, A.por
dc.contributor.authorPINHEIRO, H. S. K.por
dc.contributor.authorPEREIRA, N. R.por
dc.contributor.authorBHERING, S. B.por
dc.contributor.otherWALDIR DE CARVALHO JUNIOR, CNPS; CESAR DA SILVA CHAGAS, CNPS; Alexandre Muselli, Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo; Helena Saraiva Koenow Pinheiro, UFRRJ; NILSON RENDEIRO PEREIRA, CNPS; SILVIO BARGE BHERING, CNPS.por
dc.date.accessioned2014-06-04T11:11:11Zpor
dc.date.available2014-06-04T11:11:11Zpor
dc.date.created2014-06-04por
dc.date.issued2014por
dc.identifier.other18285por
dc.identifier.urihttp://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/987649por
dc.descriptionA amostragem é uma das etapas mais importantes dos levantamentos de solos. No entanto, os esquemas de amostragem utilizados nos levantamentos convencionais têm se evidenciado inadequados para o mapeamento digital de solos, pois podem comprometer os resultados e, além disso, não possibilitam a realização de análises estatísticas. Este estudo teve por objetivo avaliar o método de amostragem do hipercubo latino condicionado (cLHS, sigla em inglês), na presença de covariáveis ambientais (elevação, declividade, curvatura e mapa de uso e cobertura do solo), em comparação com a amostragem aleatória, na alocação de 100 pontos amostrais, buscando maior representatividade das características ambientais da bacia do rio Guapi-Macacu. O desempenho dos métodos foi avaliado pela análise qualitativa dos histogramas de frequência e das análises estatísticas pelos testes F, T de Student e Kolmogorov-Smirnov (K-S), para cada covariável. Os resultados apresentaram que os pontos selecionados pelo método cLHS possuíam distribuição geográfica mais adequada do que aqueles obtidos pela amostragem aleatória. Além disso, o método cLHS preservou mais a distribuição de frequência das covariáveis contínuas do que a amostragem aleatória; para covariável categórica uso e cobertura do solo os métodos foram equivalentes. Os testes estatísticos confirmaram o melhor desempenho do método cLHS, cujas amostras não diferiram estatisticamente da bacia. Entretanto, a amostragem aleatória apresentou diferença estatística para com a bacia, para todas as covariáveis contínuas para pelo menos um dos testes utilizados. Assim, o método cLHS pode ser considerado como um método satisfatório para seleção de locais de amostragem em áreas heterogêneas similares as deste estudo, visando a utilização no mapeamento digital de solos.por
dc.description.uribitstream/item/103118/1/METODO-DO-HIPERCUBO-LATINO-CONDICIONADO-PARA.pdfpor
dc.languagept_BRpor
dc.language.isoporpor
dc.publisherRevista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, MG, v. 38, n. 2, p. 386-396, mar./abr. 2014.por
dc.relation.ispartofEmbrapa Solos - Artigo em periódico indexado (ALICE)por
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectEsquema de amostragempor
dc.subjectLevantamento de solospor
dc.subjectModelo digital de elevaçãopor
dc.titleMétodo do hipercubo latino condicionado para a amostragem de solos na presença de covariáveis ambientais visando o mapeamento digital de solos.por
dc.typeArtigo em periódico indexado (ALICE)por
dc.date.updated2015-02-02T11:11:11Zpor
dc.format.extent210 p.por
dc.ainfo.id987649por
dc.ainfo.lastupdate2015-02-02por
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CNPS)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
METODODOHIPERCUBOLATINOCONDICIONADOPARA.pdf2,51 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace