Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/996817
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Solos - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Issue Date: 2014
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: TAVARES, S. R. de L.
AMARAL, F. C. S. do
Additional Information: SILVIO ROBERTO DE LUCENA TAVARES, CNPS; FERNANDO CEZAR SARAIVA DO AMARAL, CNPS.
Title: Determinação do teor de fibra de cana-de-açúcar em diferentes biomas visando o processamento de resíduos para a produção de biocombustíveis sólidos e biomassa energética.
Publisher: In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE BIOENERGIA, 9., 2014. São Paulo. Anais... Paraná: Porths Eventos, 2014.
Language: pt_BR
Keywords: Energia renovável
Cana-de-açúcar.
Description: A demanda mundial por energia vem aumentando rapidamente ? muito mais rapidamente do que o ritmo de crescimento da população. O Brasil é hoje o 9o maior consumidor de energia do mundo e espera-se um crescimento da demanda energética em mais de 50% até 2030. O desafio é atender essa crescente demanda por energia de forma confiável, escalável, sustentável e economicamente eficiente. A cultura da cana-de-açúcar é uma opção bioenergética que merece muito destaque, haja vista que, apesar de todo o desenvolvimento do setor sucro-alcooleiro brasileiro, apenas 26% da energia presente na cana é convertida em energia útil (na forma de etanol). Isto se deve ao subaproveitamento ou não uso do bagaço e da palha na produção de energias elétrica, térmica ou de etanol de 2a geração. Uma tonelada de cana-de-açúcar (colmo + bagaço) produz energia equivalente a 0,17 tonelada de petróleo, podendo gerar 17,4 toneladas de petróleo/ha, considerando a produtividade média da cultura no Brasil. Desta maneira, pode-se desenvolver e produzir variedades de cana-de-açúcar específicas para o uso integral de toda a sua parte aérea diretamente na alimentação de fornos e caldeiras, para produção de energias elétrica e térmica. De forma que o objetivo deste trabalho foi investigar a possível existência de diferença maior do que 20% nos teores de fibras de duas variedades de cana-de-açúcar cultivadas em diferentes biomas brasileiros em contraste com o Bioma Caatinga, que traria como vantagem consequente a elevação do Poder Calorífico Total da biomassa destas variedades.
Thesagro: Energia
Bioenergia.
Year: 2014-10-08
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CNPS)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
285SilvioTavares317.pdf89,29 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace