Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1000212
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Acre - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 14-Nov-2014
Tipo do Material: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: NASCIMENTO, F. S. S. do
BORGES, V.
BEZERRA, S. A.
SOUZA, A. K.
SANTOS, R. C.
SIVIERO, A.
MARINHO, J. T. de S.
OLIVEIRA, D. R. de
Informaçães Adicionais: AMAURI SIVIERO, CPAF-AC; JOSE TADEU DE SOUZA MARINHO, CPAF-AC.
Título: Correlações entre caracteres de produção de variedades tradicionais do feijoeiro comum do Acre.
Edição: 2014
Fonte/Imprenta: In: CONGRESSO NACIONAL DE PESQUISA DE FEIJÃO, 11., 2014, Londrina. Anais... Londrina: IAPAR, 2014.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Feijoeiro comum
Variedades tradicionais
Acre.
Conteúdo: As variedades locais do feijoeiro comum (Phaseolus vulgaris L.) tem grande importância na agricultura; seja como reservatório gênico ou pelo seu cultivo mais ecológico. No Acre há registros de alta variabilidade de feijão comum (Marinho et al., 2000; Nascimento et al., 2012), introduzida por migrantes e por sua proximidade com os Andes, grande centro de diversidade desta espécie (Singh, 1991). Estudar esta variabilidade, especialmente com a produção de grãos e seus componentes, para identificar materiais genéticos diferenciados e, ou superiores; para maximizar sua utilização em plantios assim como vislumbrar um programa deliberado de melhoramento genético, preservando a variabilidade natural, é essencial para o desenvolvimento da agricultura; sendo o estudo das relações entre caracteres uma excelente técnica auxiliar. Os estudos de correlação têm grande importância em programas de melhoramento, sobretudo por permitir o conhecimento das trocas que ocorrem em um determinado caráter em função da seleção praticada em outro que são correlacionados (Cruz, 2006; Silva et al., 2009). Estudos de correlações simples sejam fenotípicas, genotípicas e ambientais, apenas quantificam a relação entre variáveis aos pares; sem, contudo, considerar suas causas. Estudos mais detalhados sobre associações entre caracteres são realizados por correlações parciais (Cruz et al., 2004) ou pela análise de trilha. Estimativas de correlações fenotípicas e genotípicas envolvendo a produção de grãos de feijoeiro, componentes do rendimento e outros caracteres de importância do feijoeiro podem ser encontrados em vários artigos (Coimbra et al., 2000; Silva et al., 2009). A correlação parcial de um conjunto de variáveis é uma medida da relação entre duas variáveis quando as demais variáveis são mantidas fixas. Detalhes matemáticos acerca de correlações fenotípicas, genotípica, ambientais e parciais são descritos por Cruz et al. (2004). O objetivo deste trabalho foi determinar correlações genéticas e parciais entre cinco caracteres de produção de variedades tradicionais do feijoeiro comum do Acre
Thesagro: Feijão.
Ano de Publicação: 2014
Aparece nas coleções:Resumo em anais de congresso (CPAF-AC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
25281.pdf157,69 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace