Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1000305
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Semiárido - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 17-Nov-2014
Tipo do Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: PEREIRA, P. S.
DRUMOND, M. A.
Informaçães Adicionais: PEDRO SILVINO PEREIRA, UFCG; MARCOS ANTONIO DRUMOND, CPATSA.
Título: Desmatamento e práticas agrícolas adotadas pelos produtores rurais dos municípios cearenses de Barbalha e Jardim .
Edição: 2014
Fonte/Imprenta: In: CONGRESSO INTERNACIONAL DA REALIDADE SEMIÁRIDA, 2.; SIMPÓSIO ALAGOANO SOBRE ECOSSISTEMAS DO SEMIÁRIDO, 3., 2014, Delmiro Gouveia. Anais... Delmiro Gouveia: UFLA, Campus do Sertão, 2014.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Preservação ambiental
Queimadas
Degradação do solo
Práticas agrícolas sustentáveis
Natural resource.
Conteúdo: A crescente necessidade do aumento da produção agrícola tem maximizado o uso dos solos pelas atividades agrícolas, muitas vezes de forma inadequada, reduzindo a capacidade produtiva desses solos. Este trabalho teve como objetivo identificar as práticas agrícolas e o uso do solo nas áreas rurais dos municípios cearenses de Barbalha e Jardim. Inicialmente foi feita a identificação das áreas pesquisadas, que constituiu-se de um questionário aplicado a quarenta agricultores, vinte no município de Barbalha e vinte no município de Jardim. Os dados foram tabulados no Excel. Foi realizado ainda um levantamento bibliográfico acerca das características da vegetação local e das técnicas de agricultura mais utilizadas. Os resultados obtidos mostraram que em Jardim 65% e Barbalha 55% dos agricultores utilizam a queimada como prática de limpeza dos solos, sendo que os demais utilizam-se apenas da roçada. O uso da queimada variou de acordo com a faixa etária produtores entrevistados, sendo maior entre os de 50 a 79 anos do município de Barbalha (60%), em relação aos de Jardim (50%). Com relação a outras práticas conservacionistas constatou-se que 85% utilizam o sistema de monocultura; e que 15% usam a rotação de cultura nos dois municípios. Foi observado ainda que 80% do município de Barbalha e 70% do município de Jardim reconhecem que a prática da queimada é danosa para o meio ambiente. O trabalho realizado aponta a necessidade de conscientizar a população rural dos municípios estudados sobre a necessidade de proteger o meio ambiente e incentivar o uso de práticas agrícolas sustentáveis
Thesagro: Recurso natural
Meio ambiente
Solo
Desmatamento
Conservação.
Ano de Publicação: 2014
Aparece nas coleções:Artigo em anais de congresso (CPATSA)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Drumond2014.pdf414,83 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace