Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1000636
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Acre - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 19-Nov-2014
Tipo do Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: VASCONCELOS, J. M.
SALES, M. F. L.
Informaçães Adicionais: MAYKEL FRANKLIM LIMA SALES, CPAF-AC.
Título: Avaliação do desempenho produtivo de bovinos de corte, em pastos puros e consorciados com amendoim forrageiro cultivar Mandobi, no Acre.
Edição: 2014
Fonte/Imprenta: In: SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 2., 2014, Rio Branco. Anais... Rio Branco: Embrapa Acre; Uninorte, 2014.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Bovino de corte
Novilho Nelore
Desempenho produtivo
Pasto puro
Pasto consorciado
Amendoim forrageiro
BRS Mandobi
Acre
Conteúdo: Objetivou-se avaliar o efeito da consorciação de pastos de Brachiaria humidicola com Arachis pintoi cv. Mandobi sobre o desempenho produtivo de novilhos Nelore. O experimento foi realizado em uma fazenda particular no Estado do Acre, de novembro de 2013 a fevereiro de 2014. As unidades experimentais foram seis piquetes de 1,42 ha cada, em um delineamento inteiramente casualizado, com dois tratamentos e três repetições. Foram utilizados seis novilhos Nelore, não castrados, com idade e peso médio iniciais de 16 meses e 282 kg, como testes. Novilhos adicionais foram alocados ou retirados dos piquetes para a manutenção da altura do pasto, em 15 cm. Os animais foram pesados a cada 28 dias, após um jejum de 16 horas, para determinar o ganho de peso médio diário (GMD). A capacidade de suporte foi calculada de acordo com o peso médio e número de animais/dia em cada unidade experimental. A produtividade animal foi calculada com base no GMD dos animais teste e o número de animais/dia utilizados durante todo experimento. As médias dos quadrados mínimos foram comparadas usando o teste de Tukey com 5% de probabilidade. A taxa de lotação durante o período experimental foi de 3,97 UA/ha nos pastos consorciado e 3,81 nos pastos puros (P = 0,8255). O ganho de peso médio diário dos animais foi 17,7% superior (P = 0,0465) para o pasto consorciado (0,597 x 0,479 kg/animal/dia) e a produtividade animal aumentou 18,7% (P = 0,1010) pelo uso de A. pintoi cv. Mandobi (330 kg/ha x 278 kg/ha). Este estudo mostra que apenas 7,7% desta leguminosa em pastagens consorciadas com Brachiaria humidicola pode afetar positivamente a produtividade animal.
Ano de Publicação: 2014
Aparece nas coleções:Artigo em anais de congresso (CPAF-AC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
25310.pdf224,79 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace