Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1000645
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Caprinos e Ovinos - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Date Issued: 2014
Type of Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Authors: NASCIMENTO, C. B.
PINHEIRO, R. R.
ALVES, F. S. F.
BRITO, R. L. L. de
RODRIGUES, A. de S.
SILVA, R. A. B. e
PAULA, N. R. de O.
BATISTA, M. do C. de S.
Additional Information: Caliandra Bona Nascimento, Universidade Federal do Piauí (UFPI) - Teresina, PI, Brasil
Ney Rômulo de Oliveira Paula, UFPI - Teresina, PI, Brasil
Maria do Carmo de Souza Batista, UFPI - Teresina, PI, Brasil.
Ricardo Abílio Bezerra e Silva, UFPI - Teresina, PI, Brasil
Apoliana de Sousa Rodrigues
Roberta Lomonte Lemos de Brito
FRANCISCO SELMO FERNANDES ALVES, CNPC
RAYMUNDO RIZALDO PINHEIRO, CNPC
Title: Ferramentas diagnósticas de lentivirose de pequenos ruminantes: padronização da técnica de ELISA indireto.
Publisher: Revista Arquivos do Instituto Biológico, São Paulo, v. 81, n. 1, p. 9-15, 2014.
Language: pt_BR
Keywords: Lentivirose
LVPR
Artrite-encefalite caprina
CAE
ELISA-i
IDGA
Maedi virus
Diagnóstico sorológico
Immunodiagnosis.
Description: Resumo: As Lentiviroses de Pequenos Ruminantes (LVPR) incluem a Maedi-Visna (MV) em ovinos e a Artrite Encefalite Caprina (CAE). Essas enfermidades estão difundidas no mundo e são responsáveis por grandes perdas na produtividade destes animais. Os LVPR são vírus RNA da subfamília Lentivirinae que causam uma infecção persistente, sendo a detecção precoce uma das formas mais eficientes para limitar sua disseminação no rebanho. Visando contribuir com essas questões, este experimento foi realizado na Universidade Federal do Piauí (UFPI) em parceria com a Embrapa Caprinos e Ovinos, com o objetivo de padronizar a técnica de ensaio imunoenzimático indireto e compará-lo com a imunodifusão em gel de agarose no diagnóstico da CAE. Foram utilizadas 696 amostras de soros de caprinos machos e fêmeas oriundas do banco de soros da Unidade de Pesquisa de LVPR do Centro de Ciências Agrárias da UFPI. As amostras foram coletadas no período de janeiro de 2007 a março de 2010. Na padronização, verificou-se que 0,25 ?g de proteína/poço, diluição de 1:200 do soro e concentração de 1:3.000 do conjugado anticorpo anti-IgG cabra apresentaram os melhores resultados. O ponto de corte obtido foi de 0,36. Na comparação, o Imunodifusão em Gel de Ágar (IDGA) detectou 128 (18,4%) amostras positivas, e o ELISA indireto (ELISA-i), 259 (37,2%). A sensibilidade e a especificidade do teste ELISA-i com relação ao IDGA foi de 94,5% e 75,7%, respectivamente. Verificou-se maior índice de positividade em caprinos acima de seis meses (p < 0,05), e nos machos obteve-se prevalência de 56,7% em comparação às fêmeas, 35,4%, (p < 0,01). [Diagnostic tools of small ruminant lentiviruses: standardization of indirect ELISA]. Abstract: The Small Ruminant Lentiviruses (SRLVs) include Maedi-Visna (MV) of sheep and Caprine Arthritis-Encephalitis (CAE). These diseases are widespread and responsible for major production losses regarding sheep and goats. The SRLV is a RNA virus of the subfamily Lentivirus genus that causes persistent infections in goats. Early detection is one of the best ways to limit its spread in the herd. To contribute to these issues, this experiment was conducted at Universidade Federal do Piauí in partnership with Embrapa Goats and Sheep, with the objective of standardizing the technique of indirect ELISA (i-ELISA) and to compare it with Immunodiffusion in Agarose Gel to diagnose Caprine Lentiviruses (LC). Six hundred ninety six serum samples were used from the University Veterinary Hospital, Universidade Federal do Piauí, from January 2007 to March 2010. Standardization showed that 0.25 ?g protein/well, a 1:200 dilution of the serum and concentration of 1:3,000 of the conjugated anti-goat IgG presented the best results. It was observed that the Agar Gel Immunodiffusion (AGID) detected 128 (18.4%) positive samples, and ELISA, 259 (37.2%). The sensitivity and specificity of i-ELISA regarding AGID were 94.5% and 75.7%, respectively. A higher prevalence was observed among animals older than six months (p < 0.05). The prevalence among males was of 56.7%, and among females, 35.4% (p < 0.01).
Thesagro: Caprino
Ovino
Diagnóstico
Anticorpo
Doença animal
Elisa.
NAL Thesaurus: Sheep
Goats
Visna maedi virus
Lentivirus.
Data Created: 2014-11-20
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CNPC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
apFerramentas.pdf618,01 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace