Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1001039
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Tabuleiros Costeiros - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 27-Nov-2014
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: FRANCHINI, J. C.
BALBINOT JUNIOR, A. A.
DEBIASI, H.
PROCOPIO, S. de O.
Informaçães Adicionais: SERGIO DE OLIVEIRA PROCOPIO, CPATC.
Título: Intercropping of soybean cultivars with Urochloa.
Edição: 2014
Fonte/Imprenta: Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia v. 44, n. 2, p. 119-126, Apr./Jun. 2014.
Idioma: pt_BR
Conteúdo: RESUMO: A integração lavoura-pecuária (ILP) tem demonstrado benefícios tanto para a produção de grãos, quanto para a pecuária. O cultivo de espécies forrageiras entre duas safras de soja é uma forma importante de ILP, no Brasil. Este trabalho objetivou avaliar a produtividade de cultivares de soja resistentes ao glifosato, cultivadas em integração com espécies gramíneas do gênero Urochloa, em diferentes formas de manejo do capim. Foram conduzidos seis experimentos, constituídos pela combinação de três cultivares de soja (BRS 295 RR, BRS 316 RR e BRS 294 RR) e duas espécies de gramíneas forrageiras (Urochloa ruziziensis e Urochloa brizantha). Foram avaliados quatro tratamentos (soja em cultivo solteiro; forrageira em cultivo solteiro; cultivo integrado de soja e uma espécie forrageira, com aplicação de glifosato, para reduzir o crescimento das gramíneas; e cultivo integrado de soja e uma espécie forrageira, sem supressão do crescimento), em delineamento experimental inteiramente casualizado, com quatro repetições. Em cada experimento, foi utilizada somente uma cultivar de soja e uma espécie forrageira. As gramíneas foram semeadas nas entrelinhas da soja, aos 27 dias após a semeadura (DAS), enquanto a aplicação de glifosato, no tratamento com supressão das forrageiras, foi realizada aos 84 DAS da soja ou 57 DAS das forrageiras. A produtividade das três cultivares não foi significativamente afetada pela interferência das gramíneas, e a produção de massa seca da parte aérea, para as gramíneas cultivadas em integração, foi alta, embora com valores inferiores aos obtidos sem a interferência imposta pela soja. ABSTRACT: The integrated crop-livestock system is a key strategy for both grain and livestock production. The cultivation of grass species in between two soybean cropping seasons has been an important component of this system, in Brazil. Thus, this study aimed to evaluate the yield of glyphosate-resistant soybean cultivars intercropped with Urochloa species, under different forage management systems. A total of six experiments, consisting of three soybean cultivars (BRS 295 RR, BRS 316 RR, and BRS 294 RR) and two grass species (Urochloa ruziziensis and Urochloa brizantha), were established. For each experiment, four treatments (soybean only; grass only; soybean intercropped with a grass species, with the application of glyphosate to decrease the growth of grass; and soybean intercropped with a grass species, without growth suppression) were evaluated in a completely randomized experimental design, with four replications. For each experiment, only one soybean cultivar and one grass species were used. The grasses were sown in the soybean inter-rows at 27 days after sowing (DAS), while the glyphosate application to the treatment with grass suppression was performed at 84 DAS for the soybean or 57 DAS for the grasses. The yields of the three soybean cultivars were not significantly affected by either grass species, even though the shoot dry-matter yields for both of the intercropped grass species were high, though lower than the values obtained without the interference imposed by soybean.
Thesagro: Soja.
Ano de Publicação: 2014
ISSN: 1983-4063
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CPATC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
245511250652PB.pdf268,24 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace