Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1001698
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Soja - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Date Issued: 2014
Type of Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Authors: BINSFELD, J. A.
BARBIERI, A. P. P.
HUTH, C.
CABRERA, I. C.
HENNING, L. M. M.
Additional Information: JOSÉ ADOLFO BINSFELD, UFSM; ANA PAULA PICCININ BARBIERI, UFSM; CAROLINE HUTH, UFSM; INGRID CERVO CABRERA, UFSM; LILIANE MARCIA MERTZ HENNING, CNPSO.
Title: Uso de bioativador, bioestimulante e complexo de nutrientes em sementes de soja.
Publisher: Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 44, n. 1, p. 88-94, jan./mar. 2014.
Language: pt_BR
Description: ABSTRACT: New discoveries have stimulated the use of different substances with physiologic effects, in order to develop agricultural crops. Thus, this study aimed at evaluating seeds treated with biostimulant, bioactivator and nutrients, in the initial development of soybean seeds. Two lots of seeds (high and low vigor, BMX Potência RR cultivar) were used. The products tested were an insecticide with bioactivator effect, a plant growth regulator with biostimulant effect, a complex of nutrients and a control. Under laboratory conditions, the parameters water content, germination, first germination counting, accelerated aging, cold test, length and dry matter weight of seedlings were evaluated. Under greenhouse conditions, evaluations included emergence, emergence speed index, length and dry matter weight of seedlings. The efficiency of the products tested was affected by the seed physiologic quality, with a more pronounced effect for the products in high vigor lots. In general, the treatment with best results for initial performance was the complex of nutrients, followed by the plant growth regulator with biostimulant effect. The bioactivator had negative effect on seeds germination and seedling development. RESUMO: Novas descobertas têm estimulado a utilização de diferentes substâncias com efeitos fisiológicos, com vistas a maior expressão no desenvolvimento de culturas agrícolas. Assim, objetivou-se avaliar o efeito do tratamento de sementes com bioestimulante, bioativador e nutrientes, no desenvolvimento inicial de sementes de soja. Foram utilizados dois lotes de sementes (alto e baixo vigor) da cultivar BMX Potência RR. Os produtos testados foram inseticida com efeito bioativador, regulador de crescimento vegetal com efeito bioestimulante, complexo de nutrientes e testemunha. Em laboratório, foram avaliados os parâmetros teor de água, germinação, primeira contagem de germinação, envelhecimento acelerado, teste de frio, comprimento e massa de matéria seca de plântulas. Em casa-de-vegetação, as avaliações incluíram a emergência, índice de velocidade de emergência, comprimento e massa de matéria seca de plântulas. A eficiência dos produtos testados sofreu influência da qualidade fisiológica da semente, sendo observado efeito mais pronunciado dos produtos em lotes de alto vigor. De forma geral, o tratamento que apresentou melhor resultado no desempenho inicial foi o complexo de nutrientes, seguido pelo regulador de crescimento vegetal com efeito bioestimulante. O bioativador teve efeito negativo sobre a germinação das sementes e sobre o desenvolvimento das plântulas.
Thesagro: Soja.
Data Created: 2014-12-04
ISSN: 1983-4063
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CNPSO)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Usodebioativadorbioestimulanteecomplexodenutrientesemsementesdesoja.pdf251,73 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace