Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1001818
Title: Evolução histórica da agroecologia no Acre.
Authors: SIVIERO, A.
SANTOS, R. C. dos
Affiliation: AMAURI SIVIERO, CPAF-AC.
Date Issued: 2013
Citation: In: SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE AGROECOLOGIA DO ACRE, 1., 2013, Cruzeiro do Sul. Anais... Rio Branco: Edufac, 2013.
Description: Este trabalho teve como objetivo descrever o processo histórico da agroecologia no Acre. Nesta resenha são relatados fatos, eventos, ações e movimentos sociais promovidos por entidades de classe, órgãos públicos e organizações não governamentais. O movimento da agricultura de base ecológica no Acre foi iniciado nos anos 90 por agricultores agroecológicos do PA Benfica, devido à demanda por alimentos mais seguros e saudáveis. Em meados de 1997 um conjunto de diversas instituições deu início ao projeto de implantação da agroecologia que culminou no aporte de aproximadamente, R$ 980.000,00 entre 1997 e 2012. Foram realizados 350 treinamentos atingindo um público variado de 3300 pessoas, sendo 90% das atividades realizadas em Rio Branco. O esforço em capacitação promoveu a conversão agroecológica de aproximadamente 50 agricultores familiares cadastrados pelo MAPA, sendo a maioria pertencente aos projetos de assentamento Benfica, Moreno Maia, Wilson Pinheiro e o Grupo de Agricultores Ecológicos do Humaitá (GAEH). A criação da Feira Orgânica de Produtos Naturais de Rio Branco, a ?feirinha?, em 1998, impulsiona o estabelecimento da agroecologia devido: venda direta, estreitamento da relação agricultor-consumidor e expansão da área e oferta de alimentos agroecológicos. Em 1999 foi criada a Associação dos Produtores Orgânicos Acre Verde (APOAV) com a instituição do selo ACRE VERDE. Em 2003, foi institucionalizada a Comissão da Produção Orgânica do Acre (CPOrg/AC) e paralelamente nasceu a Associação de Certificação Socioparticipativa da Amazônia (ACS) que auxilia na capacitação de agricultores visando apoiar a certificação de produtos. No campo acadêmico teve início em 2006 o curso de Mestrado em Produção Vegetal na Ufac, com atividades de ensino e pesquisas em agroecologia e agrobiodiversidade. Em meados de 2010 o IFAC abre cursos de Agroecologia nos Campi de Sena Madureira, Cruzeiro do Sul e Xapuri, no mesmo ano é criado o Núcleo de Estudos e Extensão em Agroecologia do Acre (NEEACRE) e o Núcleo de Agroecologia do Vale do Juruá, vinculados ao IFAC e à Ufac Campus Floresta. No ano de 2012 é criado o Centro Vocacional Tecnológico de Referência em Agroecologia. Em 2013 acontece o I Simpósio Internacional de Agroecologia do Acre em Cruzeiro do Sul com o tema ?A agroecologia no Acre: desafios e perspectivas para o futuro?.
Keywords: Agroecologia
Evolução histórica
Acre
ISBN: 978-85-8236-011-8
Language: pt_BR
Type of Material: Parte de livro
Access: openAccess
Appears in Collections:Resumo em anais de congresso (CPAF-AC)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
25356.pdf110,87 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace