Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1001860
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Acre - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 5-Dez-2014
Tipo do Material: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: BENTO, L. V. de O.
CAVALCANTE, R. S.
SIVIERO, A.
BANTEL, C. A.
MARTINS, W. M. O.
Informaçães Adicionais: AMAURI SIVIERO, CPAF-AC.
Título: Plantas medicinais nos quintais urbanos de Rio Branco, AC.
Edição: 2013
Fonte/Imprenta: In: SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE AGROECOLOGIA DO ACRE, 1., 2013, Cruzeiro do Sul. Anais... Rio Branco: Edufac, 2013.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Quintais urbanos
Urban homegardens
Rio Branco (AC)
Acre
Amazônia Ocidental
Western Amazon
Amazonia Occidental
Plantas medicinales.
Horticultura urbana
Conteúdo: Quintal é um espaço marcado por uma intensa ligação com atividades próprias das sociedades agrícolas que ao se transferirem para o meio urbano passaram a reproduzir práticas do meio rural em dimensões territoriais reduzidas. O objetivo deste estudo foi relatar a ocorrência de plantas medicinais cultivadas nos quintais urbanos de Rio Branco, AC. Foram diagnosticados aspectos socioeconômicos das famílias e um levantamento das espécies vegetais cultivadas em 100 quintais situados na cidade de Rio Branco, AC no final do segundo semestre de 2011 e início do primeiro semestre de 2012. O trabalho foi realizado em alguns bairros da cidade de Rio Branco, AC, especificamente na Baixada do Sol, região composta por 15 bairros conhecido por abrigar migrantes da zona rural, com uso de questionário aplicado em entrevista presencial contendo perguntas semi-estruturadas ao responsável pelo quintal, através de uma técnica chamada 'bola de neve' ('Snowball') que é usada para uma seleção intencional de informantes. As espécies vegetais foram identificadas no campo e através de comparação na literatura especializada e classificadas botanicamente e quanto ao seu uso pelos moradores. Os resultados obtidos apresentam uma elevada riqueza e diversidade de espécies sendo identificado um total de 90 espécies medicinais, cultivadas no solo, vasos ou garrafas pet. As espécies medicinais são geralmente herbáceas, usadas na forma chá obtidas principalmente a partir das folhas das plantas sendo seu uso largamente difundido entre os moradores das residências. Das espécies encontradas, destacam-se com maior frequência: cidreira, malvarisco, alfavaca, crajirú e boldo. Para o preparo de remédios caseiros, a folha é a parte vegetal mais utilizada, seguida das cascas, raízes, flores, resina e a planta inteira. Os responsáveis pelos quintais apresentam perfil de gênero feminino, em média 55 anos, residem no local em média há 22 anos, possuem baixa escolaridade e em sua maioria são aposentados.A importância do cultivo das plantas nos quintais, levantados por esta pesquisa, expressa pelo número de espécies vegetais encontrados, demonstra que os quintais urbanos de Rio Branco proporcionam melhores condições de saúde, conservação genética de espécies e conhecimento tradicional gerando melhor qualidade de vida para as famílias.
Thesagro: Produção vegetal
Planta medicinal
Agricultura orgânica
Horta caseira
Etnobôtanica.
NAL Thesaurus: Ethnobotany
Medicinal plants
Urban horticulture.
Ano de Publicação: 2013
ISBN: 978-85-8236-011-8
Aparece nas coleções:Resumo em anais de congresso (CPAF-AC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
25361.pdf111,43 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace