Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1002185
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Cerrados - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 10-Dez-2014
Tipo do Material: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: SPINDOLA, I. C.
XAVIER, R. A.
SILVA, C. N. da
SANTOS, M. J. dos
VIEIRA, E. A.
FIALHO, J. de F.
OLIVEIRA, C. M. de
Informaçães Adicionais: ISABELA C. SPINDOLA; RODRIGO A. XAVIER; CLOTILDES N. DA SILVA; MAIAN J. DOS SANTOS; EDUARDO ALANO VIEIRA, CPAC; JOSEFINO DE FREITAS FIALHO, CPAC; CHARLES MARTINS DE OLIVEIRA, CPAC.
Título: Dinâmica populacional de Eubulus sp. (Coleoptera: Curculionidae) uma nova praga na cultura da mandioca no Brasil.
Edição: 2014
Fonte/Imprenta: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ENTOMOLOGIA, 25., 2014, Goiânia. Entomologia integrada à sociedade para o desenvolvimento sustentável: anais. Goiânia: Sociedade Entomológica do Brasil, 2014.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Manihot esculeta Crantz
Broca-das-raízes da mandioca
Brasil.
Conteúdo: A mandioca é uma cultura rústica e fonte alimentar para milhões de pessoas no mundo. Recentemente, em cultivos de mandioca na região central do Cerrado brasileiro e no estado do Paraná, tem se observado o ataque de uma broca que destrói completamente as raízes das plantas. Este estudo teve como objetivos identificar essa nova praga e estudar a flutuação populacional dos adultos em plantio de mandioca, por meio do uso de armadilhas com diferentes cores e tipos de iscas atrativas. Os estudos foram conduzidos na Embrapa Cerrados (Planaltina/DF). Larvas da broca foram coletadas a campo, criadas em laboratório e os adultos foram enviados ao Dr. Sergio Vanin (Instituto de Biociências/USP - São Paulo/SP) para a identificação axonômica. Os estudos de campo foram conduzidos em um plantio de mandioca instalado em julho/2013. Foram confeccionadas armadilhas com tubos de PVC (100 mm) com cerca de 40 cm com uma janela (8 x 10 cm) no centro para a entrada dos insetos. Na parte superior foi fixado um porta-iscas e na parte inferior um pote coletor com água e detergente. As armadilhas foram pintadas nas cores vermelha, verde, azul e amarela e utilizou-se como iscas melaço, abacaxi e álcool etílico. Utilizou-se um delineamento em blocos ao acaso (fatorial 4 X 3) com 10 repetições. As armadilhas permaneceram no campo entre agosto/2013 e junho/2014. Os insetos foram coletados semanalmente e triados em laboratório, separando-se os adultos da broca. Essa nova praga foi identificada como pertencente ao gênero Eubulus Kirsch e será referida como broca-das-raízes da mandioca. Foram coletados 985 espécimes de Eubulus sp. (5,5% dos Coleoptera). A isca mais atrativa foi o melaço coletando 454 (46,1%) dos espécimes de Eubulus sp. Não se observou diferenças em relação às cores das armadilhas. Verificou-se que os picos populacionais de Eubulus sp. ocorreram nos meses de março e abril (35,7% do total de espécimes). Esse é o primeiro registro do gênero Eubulus como praga da mandioca no Brasil.
Thesagro: Mandioca
Inseto
Praga
Dinâmica Populacional.
NAL Thesaurus: Coleoptera
Brazil
Ano de Publicação: 2014
Aparece nas coleções:Resumo em anais de congresso (CPAC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
34227.pdf57,24 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace