Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1003892
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Uva e Vinho - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 30-Dez-2014
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: TOFANELLI, M. B. D.
FREITAS, P. L.
PEREIRA, G. E.
Informaçães Adicionais: GIULIANO ELIAS PEREIRA, CNPUV.
Título: 2,4-Dichlorophenoxyacetic acid as an alternative auxin for rooting of vine rootstock cuttings.
Edição: 2014
Fonte/Imprenta: Revista Brasileira de Fruticultura, Jaboticabal, v. 36, n. 3, p. 664-672, set. 2014.
Idioma: en
Palavras-chave: Semiárido
Videira
2,4-Diclorofenoxiacético
Ácido indolilbutírico
Porta-enxerto.
Conteúdo: A viticultura é uma atividade agrícola marcante no semiárido do Nordeste brasileiro, sendo a qualidade e a facilidade de propagação das videiras importante neste contexto. O objetivo deste trabalho foi avaliar o uso do ácido 2,4-Diclorofenoxiacético (2,4-D) como forma alternativa para o ácido indolilbutírico (AIB) no enraizamento de estacas de porta-enxertos de videira. Para isso, foi conduzido um experimento à Universidade Federal de Sergipe (São Cristóvão-SE), de janeiro a março de 2010, com estacas de porta-enxertos 'IAC-766', 'IAC-572' e 'Paulsen 1103' tratadas com 2,4-D e AIB, nas concentrações de 0; 1.000; 2.000 e 3.000 mg L-1, por 5 segundos, e, posteriormente, plantadas em canteiros com areia lavada. Aos 56 dias após o plantio, avaliaram-se as porcentagens de estacas enraizadas, brotadas, com calo e mortas, número médio de raízes e comprimento médio de raízes das estacas enraizadas. Os resultados demonstraram que o 2,4-D não supera o efeito do AIB quanto às características necessárias para o processo de enraizamento das estacas dos porta-enxertos de videira. Os porta-enxertos de videira demonstraram potencial de propagação por estaquia de ramos sem a necessidade de aplicação de auxina. Observou-se que as auxinas em concentrações mais elevadas tornam-se prejudiciais ao enraizamento das estacas.
Thesagro: Viticultura
Uva
Propagação vegetativa
Estaca
Vitis vinifera.
Ano de Publicação: 2014
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CNPUV)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
v36n3a18.pdf780,89 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace