Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1004329
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Caprinos e Ovinos - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 6-Jan-2015
Tipo do Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: GONÇALVES, J. de L.
BOMFIM, M. A. D.
FONTELES, N. L. de O.
FERNANDES, A. M. F.
OLIVEIRA, K. da S.
SOUSA, R. T. de.
Informaçães Adicionais: Juliete de Lima Gonçalves, Pós-graduação - Universidade Federal da Paraíba (UFPB) - Areia, PB.; MARCO AURELIO DELMONDES BOMFIM, CNPC; Natália Lívia de Oliveira Fonteles, Pós-graduação - UFPB - Areia, PB.; Antônio Marcos Ferreira Fernandes, Pós-graduação - Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA) - Sobral, CE; Keley da Silva Oliveira, UVA - Sobral, CE; Rafael Teixeira de Sousa, Pós-graduação - Universidade de São Paulo (USP).
Título: Composição químico-bromatológica da dieta selecionada por ovinos em pastagem de capim - Tanzânia.
Edição: 2014
Fonte/Imprenta: In: CONGRESSO NORDESTINO DE PRODUÇÃO ANIMAL, 9., 2014, Ilhéus. Produção animal: novas diretrizes; trabalhos apresentados. Ilhéus: SNPA, 2014. 3 f.
Idioma: pt_BR
Conteúdo: Resumo: Objetivou-se com este estudo, avaliar a composição químico-bromatológica da dieta simulada de ovelhas mestiças, pastejando em pasto irrigado de capim-tanzânia (Panicum maximum), durante um ano, no semiárido nordestino. Foram utilizadas 90 ovelhas mestiças entre as raças Santa Inês e Somalis Brasileira, com distintos graus de sangue, manejadas em uma área de três hectares de pastagem de capim-tanzânia, irrigada e adubada no período seco. Para estimativa da qualidade da dieta de ovinos foram coletadas amostras por meio da simulação de pastejo e para determinar a produção de forragem foi utilizado o método da coleta direta. Observou-se que a qualidade da dieta, apesar da pouca variação, apresentou diferença estatística (P>0,05) entre os meses estudados. Os teores de proteína bruta, fibra em detergente neutro, fibra em detergente ácido, lignina, digestibilidade in vitro da matéria seca e digestibilidade in vitro da matéria orgânica variaram de 7,53 a 11,30%; 66,49 a 72,52%; 35,56 a 39,78%; 3,90 a 5,79%; 50,61 a 58,17% e 50,05 a 58,65%, respectivamente. Não houve diferenças entre a massa de forragem no período chuvoso (2.024,615 kg MS/ha) em relação ao período seco (2.020,51 kg MS/ha). A irrigação de pastagens na época seca na região nordeste pode ser utilizada como uma alternativa para corrigir a estacionalidade da produção de forragem, mas não a qualidade nutricional do pasto selecionado. [Chemical composition selected by sheep grazing Tanzânia grass]. Abstract: This study was carried out to evaluate the chemical composition of the simulated diet of crossbred sheep, grazing on irrigated pasture of Tanzania grass (Panicum maximum cv. Tanzânia), during one year, in the Brazilian northeast semi-arid. Ninety crossbred ewes between Santa Inês and Somalis Brasileira breeds, in different degrees, managed in an area of three hectares of Tanzania grass, which was irrigated and fertilized during the dry season. To estimate the quality of the sheep diet, samples were collected by hand plucking technique. To determine grazing and forage production it was used the direct sampling. It was observed that the quality of the diet showed statistical differences (P>0.05) among the months studied. The crude protein, neutral detergent fiber, acid detergent fiber, lignin, in vitro dry matter and in vitro organic matter digestibility ranged from 7.53 to 11.30%; 66.49 to 72.52%; 35.56 to 39.78%; 3.90 to 5.79%; 50.61 to 58.17% and from 50.05 to 58.65%, respectively. No differences between herbage mass availability between the rain season (2.024, 615 kg DM / ha) and period (2020.51 kg DM / ha). Pasture irrigation in the dry season in the Northeast can be used as an alternative to correct the seasonality of forage production, but not to the nutritional quality of the grass selected.
Thesagro: Forragem
Valor nutritivo
Ovino
Pastejo
Simulação
NAL Thesaurus: Sheep
Simulation
Forage
Small ruminants
Nutritive value
Grazing
Ano de Publicação: 2014
Aparece nas coleções:Artigo em anais de congresso (CNPC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AACComposicao.pdf495,62 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace