Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1006471
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Meio Ambiente - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 22-Jan-2015
Tipo do Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: PICOLI, J. F.
GOMES, R. T.
MATSUURA, M. I. da S. F.
Informaçães Adicionais: JULIANA FERREIRA PICOLI, FEA-UNICAMP; RICARDO TADEU GOMES, UNICAMP; MARILIA IEDA DA S F MATSUURA, CNPMA.
Título: Sistemas de produção de cana-de-açúcar: avaliação de desempenho ambiental.
Edição: 2014
Fonte/Imprenta: In: CONGRESSO INTERINSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 8., 2014, Campinas. Anais... Campinas: Instituto Agronômico, 2014. RE Nº 14415.
Páginas: 8 p.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Avaliação do Ciclo de Vida
Avaliação de Impactos Ambientais
Production systems.
Conteúdo: Resumo: A cultura da cana-de-açúcar no Brasil estende-se por uma área de 8,4 milhões de hectares e atinge uma produção anual de 642 milhões de toneladas. O setor sucroalcooleiro brasileiro tem um diferencial ambiental positivo, especialmente representado pela produção do etanol, combustível renovável, proveniente da cana-de-açúcar. O país é destaque mundial no uso de energias renováveis, que representam mais de 44% da sua matriz energética, e os produtos da cana-de-açúcar são responsáveis por 15,7% de toda a oferta de energia do país. No entanto, dada a grande extensão de território brasileiro e a enorme diversidade de ecossistemas, os sistemas de produção praticados no Brasil variam de forma significativa e, consequentemente, a eficiência da produção e os impactos ambientais também variam. Neste contexto, a Avaliação de Ciclo de Vida permite uma análise crítica do processo produtivo e dos impactos ambientais gerados, indicando pontos a serem melhorados para a obtenção de um sistema mais sustentável. No presente trabalho,foi avaliado o desempenho ambiental de sistema de produção de cana-de-açúcar praticados em duas regiões brasileiras: a) tradicional, Sudeste; e b) tradicional, Nordeste. Futuramente o estudo incluirá uma terceira região, de expansão no Centro-Oeste. Os resultados mostram que o sistema de produção adotado nas regiões tradicionais do Sudeste do país, mais tecnificado e instalado em áreas de solos mais férteis, tem melhor desempenho ambiental que o praticado em áreas tradicionais da região Nordeste. O emprego de grandes quantidades de fertilizantes sintéticos, bem como a queimada prévia à colheita, são práticas que contribuem grandemente para os impactos ambientais. Abstract: Sugarcane cultivation in Brazil extends over an area of 8.4 million hectares and reaches an annual yield of 642 million tons. The Brazilian sugarcane sector has a positive environmental advantage, represented especially by the production of ethanol, a renewable biofuel. Brazil is internationally recognized by the use of renewable energies, which account for over 44% of its energy matrix. The products of cane sugar are responsible for 15.7% of the country ́s energy supply. However, given the large expanses of the Brazilian territory and the huge diversity of ecosystems, the production systems practiced in Brazil are diverse and, consequently, the production efficiency and the environmental impacts can vary substantially. In this context, the Life Cycle Assessment provides a critical analysis of the production process and the associated environmental impacts, indicating points to be improved to obtain a more sustainable crop production system. In the present study, the environmental performance of the sugarcane was evaluated in two traditional Brazilian production areas, the Southeast and Northeast regions. A third region, the expansion areas in the Midwest Brazil, will be included in a future study. The production system adopted in the traditional regions of the Southeast, more intensive in technology and cultivated in areas of more fertile soils, have shown better environmental performance than those applied in traditional areas in the Northeast. The use of large amounts of synthetic fertilizers and burning prior to harvesting, were practices that contributed greatly to the environmental impacts of the sugarcane production systems.
Thesagro: Cana de açúcar
Impacto ambiental
Sistema de produção
NAL Thesaurus: Sugarcane
Environmental impact
Environmental assessment.
Ano de Publicação: 2014
Aparece nas coleções:Artigo em anais de congresso (CNPMA)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014AA19.pdf1,26 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace