Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1007372
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Trigo - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 30-Jan-2015
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: NUNES, M. R.
DENARDIN, J. E.
FAGANELLO, A.
PAULETTO, E. A.
PINTO, L. F. S.
Informaçães Adicionais: MÁRCIO RENATO NUNES, MESTRANDO UFPEL; JOSE ELOIR DENARDIN, CNPT; ANTONIO FAGANELLO, CNPT; ELOY ANTONIO PAULETTO, UFPel; LUIZ FERNANDO SPINELLI PINTO, UFPEL.
Título: Efeito de semeadora com haste sulcadora para ação profunda em solo manejado com plantio direto.
Edição: 2014
Fonte/Imprenta: Revista Brasileira de Ciência do Solo, Campinas, v. 38, p. 627-638, 2014.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Camada compactada
Perfil cultural
Estratificação química
Compacted layer
Crop profile
Chemical stratification
No-till.
Conteúdo: A adoção do plantio direto na região subtropical úmida do Brasil, fundamentada apenas em dois preceitos da agricultura conservacionista - mobilização de solo restrita à linha de semeadura e manutenção de resíduos culturais na superfície do solo -, tem induzido à estratificação de atributos químicos do solo na camada de 0-20 cm profundidade e degradação física da camada subsuperficial (entre aproximadamente 5-20 cm de profundidade), que podem contribuir para frustrações de safras agrícolas, quando da ocorrência de estiagens. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito residual de uma semeadora/adubadora, equipada com elemento rompedor de solo tipo haste sulcadora, atuando em quatro profundidades para a semeadura de milho (Zea mays L.), na mitigação de problemas de ordem física e química, em um Latossolo Vermelho distrófico húmico, manejado em plantio direto há mais de 10 anos. Os tratamentos avaliados foram: T1 = hastes sulcadoras atuando até 5 cm de profundidade; T2 = hastes sulcadoras atuando até 10 cm de profundidade; T3 = hastes sulcadoras atuando até 15 cm de profundidade; e T4 = hastes sulcadoras atuando até 17 cm de profundidade. O efeito desses tratamentos sobre os atributos físicos do solo foi avaliado pela técnica do perfil cultural associada à determinação da densidade, porosidade total, macroporosidade e resistência do solo à penetração, aos oito e 12 meses, após a semeadura da cultura de milho. Sobre os atributos químicos, esses efeitos foram avaliados pela determinação de pH em H2O, P e K disponíveis, Ca, Mg e Al trocáveis, acidez potencial e matéria orgânica, em amostras de solo coletadas em camadas de 2,5 cm de espessura, de 0-22,5 cm de profundidade. A utilização da semeadora/adubadora, equipada com elemento (1) Recebido para publicação em 11 de junho de 2013 e aprovado em 10 de janeiro de 2014.
Thesagro: Manejo do Solo
Plantio Direto.
NAL Thesaurus: soil management.
Ano de Publicação: 2014
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CNPT)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2014RevistaBrasileiradeCienciadoSolov38n2p625.pdf2,37 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace