Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1008081
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Solos - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2014
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: BARROS, A. C.
SOUZA, R. F. de
BARROS, A. H. C.
TABOSA, J. N.
GOMES, A. W. A.
TAVARES, K. N.
Additional Information: ALLAN CUNHA BARROS, UFAL; R. F. DE SOUZA, UFAL; ALEXANDRE HUGO CEZAR BARROS, CNPS; JOSÉ NILDO TABOSA, IPA; A. W. A. GOMES, UNESP; KLINGER NUNES TAVARES, UFAL.
Title: Utilização do modelo ZAE/FAO para a estimativa da produtividade do sorgo em Alagoas.
Publisher: In: INOVAGRI INTERNATIONAL MEETING, 2.; SIMPÓSIO BRASILEIRO DE SALINIDADE, 2.; REUNIÃO BRASILEIRA SOBRE ENGENHARIA DA IRRIGAÇÃO, 2., Fortaleza, 2014. Anais... Piracicaba: INOVAGRI: INCT-EI: INCTSA, 2014.
Language: pt_BR
Keywords: Modelagem matemática
Disponibilidade hídrica
ISNA
Description: O manejo adequado, como a escolha da época de plantio ou o uso da irrigação, permite o maior aproveitamento dos recursos hídricos disponíveis no ambiente. Pode-se estimar a produtividade agrícola da cultura do sorgo através de modelos, desde que calibrados, permitindo variar os manejos. Dessa forma é possível conhecer a resposta da cultura à disponibilidade hídrica de cada local e sua variação ao longo do ano. Assim o objetivo do trabalho foi calibrar o modelo ZAE, estimar a produtividade e avaliar quais as épocas de plantio com menor risco para a cultura do sorgo no Estado de Alagoas. Para calibração do modelo ZAE/FAO foram utilizados dados provenientes do Programa de Melhoramento Genético de Sorgo do Nordeste na região de Araripina ? PE, após a calibração foram simulados os cenários para as cidades de Água Branca, Arapiraca, Palmeira dos Índios e Porto de Pedras, em Alagoas, baseados na época de plantio (a cada 10 dias) x CAD do solo (30, 40 e 65 mm) X sistema de plantio (sequeiro). O modelo apresentou ótimo ajuste, com R2 = 0,87; índice de Wilmont (d) = 0,94; índice de confiabilidade (IC) de 0,87. As produtividades variaram de 1,8 a 1,9 Mg ha-¹, em Água Branca, de 3,7 a 4,1 Mg ha-¹ em Arapiraca, 1,9 a 2,0 Mg ha-¹ em Palmeira dos Índios, 2,2 a 2,3 Mg ha-¹ em Porto de Pedras, no mês de plantio mais produtivo.
Data Created: 2015-02-09
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CNPS)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
INOVAGRI2014.pdf814,15 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace