Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1013014
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Amazônia Oriental - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 8-Abr-2015
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: OLIVEIRA JUNIOR, R. C. de
KELLER, M. M.
RAMOS, J. F. da F.
BELDINI, T. P.
CRILL, P. M.
CAMARGO, P. B. de
HAREN, J. van.
Informaçães Adicionais: RAIMUNDO COSME DE OLIVEIRA JUNIOR, CPATU; Michael Meier Keller, USFS; José Francisco da Fonseca Ramos, UFPA; Troy Patrick Beldini, UFOPA; Patrick Michael Crill, Stockholm University; Plinio Batista de Camargo, CENA/USP; Joost van Haren, University of Arizona.
Título: Chemical analysis of rainfall and throughfall in the Tapajós National Forest, Belterra, Pará, Brazil.
Edição: 2015
Fonte/Imprenta: Revista Ambiente & Água, v. 10, n. 2, p. 263-285, abr./jun. 2015.
Idioma: en
Palavras-chave: Água
Análise química
Ciclagem de nutrientes
Floresta tropical
Amazônia
Floresta Nacional do Tapajós
Conteúdo: A Floresta Nacional do Tapajós (FLONA Tapajós) possui 600 mil hectares de floresta protegida, e está situada a 50 km ao sul da cidade de Santarém, Pará, Brasil, uma cidade portuária de 250 mil habitantes, localizada na confluência dos rios Tapajós e Amazonas. Há abundância de terras agrícolas na região, que oferecem muitas oportunidades para estudar mudanças no uso da terra, e um tipo de uso da terra, a colheita seletiva de madeira, é particularmente importante para a economia de Santarém. A deposição úmida e seca pode ser uma importante fonte de nutrientes para as plantas, e isto é especialmente verdade quando os solos são pobres, o que é o caso na região do planalto Santarém-Belterra, a área de estudo da presente investigação. Nesta região, a deposição de nutrientes atmosférico natural é reforçada pela frequente queima de biomassa que libera uma grande parte dos nutrientes da biomassa acima do solo para a atmosfera. Os objetivos deste estudo foram: 1) Estimar a deposição úmida total via precipitação direta e através da copa, incluindo a deposição seca; 2) Verificar potenciais fontes de nutrientes encontrados na deposição úmida total e deposição seca; e, 3) Verificar possíveis efeitos da cobertura vegetal no teor de nutrientes na precipitação e precipitação interna. Este estudo foi realizado na FLONA Tapajós no km 67 da rodovia Santarém - Cuiabá, ao sul da cidade de Santarém. A área de estudo consistiu de uma parcela de 100 x 100 m dividida em transectos de 10 x 10 m que foi localizada próximo de uma torre meteorológica de 65 m que com medidas de vários parâmetros climáticos, como precipitação, velocidade e direção do vento, radiação solar incidente e temperatura e umidade do ar, entre outros. Coletores de precipitação direta (PD) e de precipitação interna (PI) consistiram de frascos de 2 L de polietileno com um funil de diâmetro de 115 mm. As amostras foram coletadas semanalmente durante abril de 2003 a março de 2006. O volume da amostra foi medido individualmente para cada coletor (25 coletores para a precipitação interna e 4 para a precipitação direta). As conclusões que podem ser tiradas a partir deste estudo são: 1) A estação seca apresenta a maior variação no fluxo de íons; 2) A sazonalidade exerce uma forte influência sobre a concentração de cátions básicos; 3) A deposição seca é um das mais importantes caminhos para a entrada de nutrientes na FLONA Tapajós; 4) Há uma entrada significativa de macronutrientes, Cl e Na da agricultura de grãos intensivo nas proximidades; 5) Deposição seca é o processo mais importante para o enriquecimento de água que atinge o chão da floresta; 6) A análise de componentes principais facilita a interpretação e caracterização de águas pluviais e, neste estudo, mostra a influência de fontes antropogênicas como a agricultura, queima de biomassa, e poeira
Ano de Publicação: 2015
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CPATU)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
1552101661PB.pdf778,12 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace