Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1013615
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Semiárido - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 15-Abr-2015
Tipo do Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: OLIVEIRA, P. G. de
MIRANDA, C. G. dos S.
BEZERRA, C. H. de M.
CASTRO, J. M. da C. e
DEON, M. D. I.
Informaçães Adicionais: PATRICIA GOMES DE OLIVEIRA, Estagiária da Embrapa Semiárido; CAMILA GONÇALVES DOS SANTOS MIRANDA, Estagiária da Embrapa Semiárido; CLÁUDIO HENRIQUE DE MOURA BEZERRA, FACIAGRA, Araripina, PE; JOSE MAURO DA CUNHA E CASTRO, CPATSA; MAGNUS DALLIGNA DEON, CPATSA.
Título: Métodos alternativos para controle de Meloidogyne enterolobii.
Edição: 2014
Fonte/Imprenta: In: JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA EMBRAPA SEMIÁRIDO, 9., 2014, Petrolina. Anais... Petrolina: Embrapa Semiárido, 2014.
Páginas: p. 269-274.
Série: (Embrapa Semiárido. Documentos, 261).
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Meloidogyne enterolobii
Nematóide-das-galhas
Guava.
Conteúdo: Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar diferentes métodos culturais no controle do nematoide-das-galhas da goiabeira. Assim, em casa de vegetação, utilizando-se o tomateiro (Lycopersicon esculentum) como planta-teste, foram avaliados três fertilizantes foliares. Um à base de manganês e nitrogênio, o outro à base de zinco, magnésio e enxofre e, um terceiro produto, à base de nim (Azadirachta indica). Além destes, um material orgânico sedimentar oriundo de jazidas de gipsita (folhelho) e uma espécie e cravo-de-defunto (Tagetes patula) também foram avaliados. Por meio da medição da massa do sistema radicular das plantas, contagem de juvenis de segundo estádio do nematoide em amostras de solo e de ovos nas raízes, foi possível concluir que o produto C, à base de nim, e o cravo-de-defunto foram os tratamentos mais eficientes no controle do nematoide, promovendo 90,86% e 97,08%, respectivamente, de redução nos números de ovos nas raízes. Palavras-chave:
Thesagro: Goiaba
Doença
Matéria Orgânica.
Ano de Publicação: 2014
Aparece nas coleções:Artigo em anais de congresso (CPATSA)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Resumo38.pdf60,73 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace