Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1013737
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Suínos e Aves - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 17-Abr-2015
Tipo do Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: STEINMETZ, R. L. R.
KUNZ, A.
SOARES, H. M.
AMARAL, A. C. do
MOTA, S. C. A.
Informaçães Adicionais: RICARDO LUIS RADIS STEINMETZ, CNPSA; AIRTON KUNZ, CNPSA; HUGO MOREIRA SOARES, UFSC; ANDRÉ CESTONADO DO AMARAL, UNIOESTE; SANDRA CAMILE ALMEIDA MOTA, CNPSA.
Título: Avaliação da produção de biogás de resíduos de incubatório de ovos.
Edição: 2014
Fonte/Imprenta: In: SEMINÁRIO BRASILEIRO DE GESTÃO AMBIENTAL NA AGROPECUÁRIA, 4., 2014, Bento Gonçalves, RS. Anais... Bento Gonçalves: Embrapa Uva e Vinho, 2014. P. 71-76.
Idioma: pt_BR
Notas: Editores: Alexandre Hoffmann e Luciano Gebler.
Palavras-chave: Casca do ovo.
Conteúdo: Os resíduos de incubatório de ovos da produção de frangos de corte são caracterizados pelos riscos ambientais e sanitários. Há necessidade de estabelecer conhecimentos cada vez mais sólidos sobre a biossegurança dos métodos de tratamento ou processos que propõem eliminar ou aproveitar os resíduos. Neste contexto, a digestão anaeróbia sinaliza ser uma rota atrativa, pois pode agregar valor por meio da produção de biogás e tratar parcialmente o resíduo, mitigando o impacto ambiental. Porém, são quase inexistentes dados técnico-científicos normatizados e/ou normalizados referentes à produção específica de biogás ou metano de resíduos de incubatório. Este trabalho apresenta resultados de ensaios biocinéticos efetuados sob condições laboratoriais controladas, conforme recomendações da norma Europeia VDI 4630, por meio de ensaios em batelada e utilizando tubos eudiômetros para mensurar o volume de gás. A amostra foi formulada com 50% (v/v) de resíduo de ovos inférteis ou defeituosos e 50% (v/v) de ovos não eclodidos, pintinhos mortos ou com má formação. Foi obtido o valor médio de 778 ± 22 mLN de biogás/gSV, com concentração de metano em 70 ± 3%. O potencial metanogênico específico encontrado foi de 544 mLN de CH4/gSV, corresponde a 104 LN de CH4 por quilograma de resíduo fresco. O resíduo demonstrou ser um substrato atrativo para obtenção de energia renovável por meio da produção de biogás. The hatchery waste from broiler chickens production are characterized by environmental and health risks. Establishment of knowledge increasingly solid biosafety treatment methods or processes that propose to eliminate or recover waste is necessary. In this context, anaerobic digestion can be an attractive technological route, because it can add value through the biogas production and partially treatment of the waste, mitigating the environmental impact. However, are almost nonexistent technical-scientific data normalized and/or standardized of specific biogas or methane production from hatchery waste. This paper presents results of biokinetic assays performed under controlled laboratory conditions, as recommended by the European standard VDI 4630, by batch tests and using eudiometer tubes to measure the gas volume. The sample was formulated with 50% (v/v) or infertile or defective eggs and 50% (v/v) of eggs not hatched and chicks killed or malformed. It was obtained an average value of 778 ± 22 mLN de biogas/gVS with methane concentration of 70 ± 3%. The specific methanogenic potential was 544 mLN of CH4/gVS, corresponding to 104 LN of CH4 per kg of fresh waste. The residue was shown an attractive substrate to obtain renewable energy through biogas production.
Thesagro: Resíduo orgânico
Biogás.
NAL Thesaurus: Egg shell
Hatcheries
Residual effects
Sustainable agriculture
Ano de Publicação: 2014
Aparece nas coleções:Artigo em anais de congresso (CNPSA)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
final7331.pdf1,69 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace