Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1013754
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Suínos e Aves - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 17-Abr-2015
Tipo do Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: CATALAN, A. A. da S.
AVILA, V. S. de
KRABBE, E. L.
LOPES, L. dos S.
ROLL, V. F. B.
Informaçães Adicionais: AIANE APARECIDA DA SILVA CATALAN, UFPEL; VALDIR SILVEIRA DE AVILA, CNPSA; EVERTON LUIS KRABBE, CNPSA; LETICIA DOS SANTOS LOPES, CNPSA; VICTOR FERNANDO BUTTOW ROLL, UFPEL.
Título: Efeito da composição da dieta e suplementação com fitase sobre aspectos físicos da tíbia em frangos de corte.
Edição: 2014
Fonte/Imprenta: In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE AVES E SUÍNOS, 15.; SEMINÁRIO TÉCNICO CIENTÍFICO DE AVES E SUÍNOS; FEIRA DA INDÚSTRIA LATINO-AMERICANA DE AVES E SUÍNOS, 2014, Florianópolis. Anais... Florianópolis: Gessulli, 2014. AVESUI 2014.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Breaking strength.
Conteúdo: Para avaliar o efeito do farelo de trigo e a suplementação de fitase sobrea resistência óssea, rigidez e flexibilidade da tíbia foram alojados em gaiolas metabólicas 384 pintos de corte, machos da linhagem Cobb, distribuídos em quatro tratamentos em um arranjo fatorial 2x2 em delineamento de blocos casualizados com oito repetições e 12 aves por unidade experimental. Os tratamentos foram: T1 -dieta basal (milho e farelo soja) sem fitase; T2 ?dieta basal com 500 FTU/kg de fitase; T3?20% farelo de trigo, sem fitase; T4 ?20% farelo de trigo, com 500 FTU/kg de fitase. Aos 22 e 32 dias de idade foram abatidas duas aves por unidade experimental para a retirada da tíbia e posterior análise. Aos 22 dias de idade os ossos apresentaram maior rigidez em aves alimentadas com dieta basal com e sem fitase. Maior resistência a quebra e flexibilidade foram encontradas somente para as aves que receberam dieta basal sem fitase. Aos 32 dias de idade as aves que receberam farelo de trigo apresentaram tíbias com maior rigidez que as aves que receberam dieta a base de farelo de soja e milho. To evaluate the effect of wheat meal and phytase supplementation on break strength, flexibility and rigidity of the tibia 384 broiler chicks, Cobb males were housed in metabolic cages and allotted to four treatments in a 2x2 factorial arrangement using a randomized block design with eight replicates of 12 birds per experimental unit. The treatments were: T1 -basal diet (corn and soybean meal without phytase), T2 -basal diet with 500 FTU/kg of phytase), T3 - 20% wheat meal without phytase and T4 - 20% wheat meal with 500 FTU/kg of phytase. At 22 and 32 days of age two birds per experimental unit were slaughtered for the withdrawal of the tibia for subsequent analysis. At 22 days of age, birds fed basal diet with and without phytase showed higher bone stiffness. Greater breaking strength and flexibility were found only for those birds receiving the basal diet without phytate. At 32days of age birds receiving 20% of wheat meal shown greater tibia rigidity than birds fed a corn-soybean meal -based diet.
Thesagro: Avicultura
NAL Thesaurus: corn
soybean meal
wheat meal.
Ano de Publicação: 2014
Aparece nas coleções:Artigo em anais de congresso (CNPSA)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
final7440.pdf201,43 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace