Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1014324
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Semiárido - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 27-Abr-2015
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: SOUZA, A. V. de
OLIVEIRA, F. J. V.
BERTONI, B. W.
FRANÇA, S. C.
PEREIRA, A. M. S.
Informaçães Adicionais: ANA VALERIA VIEIRA DE SOUZA, CPATSA; F. J. V. OLIVEIRA, IF Sertão Zona Rural, Petrolina, PE; B. W. BERTONI, Departamento de Biotecnologia de Plantas Medicinais, Universidade de Ribeirão Preto; S. C. FRANÇA, Departamento de Biotecnologia de Plantas Medicinais, Universidade de Ribeirão Preto; A. . S. PEREIRA, Departamento de Biotecnologia de Plantas Medicinais, Universidade de Ribeirão Preto.
Título: Enraizamento in vitro de catuaba (Anemopaegma arvense (Vell.) Stell. ex de Souza), uma planta medicinal do Cerrado.
Edição: 2015
Fonte/Imprenta: Revista Brasileira de Plantas Medicinais Campinas, v.17, n.1, p.51-58, 2015
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Auxinas
Poliaminas
Compostos fenólicos
Catuaba.
Conteúdo: Este trabalho foi realizado com o objetivo de otimizar o protocolo para enraizamento in vitro de Anemopaegma arvense, planta medicinal do Cerrado em risco de extinção e conhecida popularmente como catuaba, a qual é amplamente utilizada na medicina popular. Brotações cultivadas in vitro foram inoculadas em meio de cultura MS/2 liquido e MS sólido suplementado com diferentes concentrações de auxinas, poliaminas ou dithiothreitol (DTT). As avaliações foram realizadas quanto à porcentagem de enraizamento, número e comprimento das raízes. A presença de NAA (Ácido naftaleno acético) no meio de cultura foi essencial para promover a indução de raízes adventícias nas brotações. A maior porcentagem de enraizamento, 50%, foi obtida no tratamento 2 mg L-1 de NAA com tempo de permanência de 15 dias nesta auxina. No experimento com poliaminas o melhor tratamento foi MS/2 + 5 mg L-1 de putrescina, com 27% de brotações enraizadas. Na presença de DTT (Dithiothreitol), 23% das brotações enraizaram em 0,10 mg L-1 de DTT. A presença da auxina NAA e a alternância no tempo de permanência foi a melhor condição para promover o enraizamento in vitro da de A. arvense.
Thesagro: Planta medicinal
Recurso natural.
NAL Thesaurus: Phenolic compounds
Anemopaegma arvense.
Ano de Publicação: 2015
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CPATSA)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AnaValeria2015.pdf347,2 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace