Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1015331
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Florestas - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 13-Mai-2015
Tipo do Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: SANTAROSA, E.
DERETI, R. M.
PENTEADO JUNIOR, J. F.
GOULART, I. C. G. dos R.
Informaçães Adicionais: EMILIANO SANTAROSA, CNPF; Rogério M. Dereti, Embrapa Gado de Leite; JOEL FERREIRA PENTEADO JUNIOR, CNPF; IVES CLAYTON GOMES DOS REIS GOULART, CNPF.
Título: Construção de uma rede de unidades de referência tecnológica em integração lavoura, pecuária e floresta no Paraná: caracterização e desafios.
Edição: 2014
Fonte/Imprenta: In: SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE ARBORIZAÇÃO DE PASTAGENS EM REGIOES SUBTROPICAIS, 1., 2013, Colombo. Anais. Colombo: Embrapa Florestas, 2014. p. 93-102.
Série: (Embrapa Florestas. Documentos, 268).
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Silvipastoril
Arborização de pastagem.
Conteúdo: Este trabalho tem como objetivo apresentar um diagnóstico das URT?s de integração lavoura, pecuária e florestas (ILPF), implantadas em propriedades rurais nos municípios de Porto Vitória, Bituruna, Realeza e Cândido de Abreu, no Paraná. O diagnóstico, através da descrição dos modelos de ILPF, das condições técnicas e das demandas identificadas em cada região, poderá servir de subsídio para o estabelecimento de novos planos de ação de transferência de tecnologia, principalmente, em atuação junto aos parceiros da Agenda Comum Embrapa Florestas, Emater-PR e SEAB-PR. Foram levantados dados de cada sistema de ILPF, ressaltando as questões sobre as condições técnicas atuais e manejo do agroecossistema, utilizando como base uma planilha de campo para coleta de dados dos componentes do sistema e registro dos principais problemas técnicos. Realizou-se o georreferenciamento e o mapeamento das áreas de ILPF dentro de cada URT, com levantamento de dados das coordenadas geográficas e altitude, com equipamento GPS. O sistema de ILPF apresenta grande potencial de desenvolvimento e diversificação das atividades agrícolas, que além dos benefícios ambientais resultante da interação entre os componentes, proporciona diversificação de renda e mudanças na gestão da propriedade rural. Entretanto faz-se necessário planejar o processo de Transferência de Tecnologia de forma a torná-lo mais contínuo e efetivo, realizando a capacitação continuada dos técnicos. É necessário selecionar as URTs de acordo com critérios técnicos e atuar com maior frequência no monitoramento e acompanhamento técnico em longo prazo. As principais demandas identificadas estão relacionadas ao planejamento e principalmente ao manejo do sistema ILPF ao longo do tempo, além da recuperação de áreas degradadas e análise econômica do sistema.
Thesagro: Fitotecnia.
Ano de Publicação: 2014
Aparece nas coleções:Artigo em anais de congresso (CNPF)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
p93102Doc.268Anais.pdf59,12 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace