Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1017316
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Florestas - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Date Issued: 2015
Type of Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Authors: ROSSA, U. B.
ANGELO, A. C.
BOGNOLA, I. A.
WESTPHALEN, D. J.
MILANI, J. E. de F.
Additional Information: Überson Boaretto Rossa, Instituto Federal Catarinense; Alessandro Camargo Angelo, Universidade Federal do Paraná; ITAMAR ANTONIO BOGNOLA, CNPF; Danielle Janaina Westphalen, Universidade Federal do Paraná; Jaçanan Eloisa de Freitas Milani, Universidade Federal do Paraná.
Title: Fertilizante de liberação lenta no desenvolvimento de mudas de Eucalyptus grandis.
Publisher: Floresta, Curitiba, v. 45, n. 1, p. 85-96, jan./mar. 2015.
Language: pt_BR
Keywords: Qualidade de mudas
Nutrição de mudas
Vivericultura
Fertilização
Substrato
Description: Uma das ações mais importantes para aumentar a produção de mudas de essências florestais é a fertilização do substrato. A utilização de fertilizante de liberação lenta (FLL) pode contribuir para a obtenção de mudas de melhor qualidade. O objetivo do trabalho foi avaliar doses crescentes de FLL e fertilizante convencional (FC), bem como comparar esses fertilizantes no desenvolvimento de mudas de Eucalyptus grandis. O estudo foi realizado na região do Vale do Itajaí, SC. Os tratamentos foram a adição de FLL e FC para cada experimento nas seguintes doses de formulado: T1 ? 0 kg (testemunha); T2 ? 2 kg; T3 ? 4 kg; T4 ? 6 kg; T5 ? 8 kg e T6 ? 10 kg.m-3 de substrato-base. Decorridos 174 dias da semeadura, foram analisadas as variáveis altura total, diâmetro do colo, biomassa fresca da parte aérea, biomassa seca da parte aérea, biomassa seca da raiz, biomassa seca total, dose de máxima eficiência técnica e teores de nutrientes da parte aérea das mudas de cada tratamento. Em todos os tratamentos houve resposta positiva no desenvolvimento das mudas, entretanto as mudas tiveram melhor crescimento sob doses entre 9,1 e 12,9 kg.m-3 de fertilizante de liberação lenta.
Data Created: 2015-06-10
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CNPF)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
312241515551PB.pdf319,38 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace