Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1019298
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Rondônia - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 6-Jul-2015
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: SCHMIDT, R.
DIAS, J. R. M.
ESPINDULA, M. C.
PARTELLI, F. L.
ALVES, E. R.
Informaçães Adicionais: Raquel Schmidt, UFAC; Jairo Rafael Machado Dias, UNIR; MARCELO CURITIBA ESPINDULA, CPAF-RO; Fábio Luiz Partelli, UFES; Erilene Romeiro Alves, UFAM.
Título: Poda apical e vergamento da haste principal na formação de cafeeiros clonais.
Edição: 2015
Fonte/Imprenta: Coffee Science, Lavras, v. 10, n. 2, p. 266 - 270, abr./jun. 2015.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Induction techniques
Crop treatment
Crescimento vegetativo
Dominância apical
Técnicas de indução
Tratos culturais.
Conteúdo: Objetivou-se avaliar o crescimento vegetativo de cafeeiros clonais na fase de formação, submetidos às técnicas da poda apical e ao vergamento da haste principal em diferentes intervalos de tempo após o plantio. Utilizou-se o delineamento em blocos ao acaso, em esquema fatorial 2 (técnicas) x 5 (60, 75, 90, 105 e 120 dias após o plantio da lavoura), com quatro repetições. Independente da técnica aplicada, os melhores resultados são obtidos quando as plantas são induzidas entre 60 e 86 dias, após o plantio. A técnica do vergamento promove crescimento vegetativo superior durante a formação de cafeeiros clonais na região amazônica.
Thesagro: Coffea Canephora.
NAL Thesaurus: apical dominance
vegetative growth.
Ano de Publicação: 2015
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CPAF-RO)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Schmidtetal.2015.pdf937,18 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace