Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1019766
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Cerrados - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 14-Jul-2015
Tipo do Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: GUARIENTI, E. M.
MIRANDA, M. Z. de
ALBRECHT, J. C.
MORESCO, E. R.
SOARES SOBRINHO, J.
CHAGAS, J. H.
ITO, M. A.
SILVA, M. S. e
Informaçães Adicionais: ELIANA MARIA GUARIENTI, CNPT; MARTHA ZAVARIZ DE MIRANDA, CNPT; JULIO CESAR ALBRECHT, CPAC; EDINA REGINA MORESCO, CNPT; JOAQUIM SOARES SOBRINHO, CNPT; JORGE HENRIQUE CHAGAS, CNPT; MARCIO AKIRA ITO, CNPT; MARCIO SO E SILVA, CNPT.
Título: Classificação comercial indicativa das cultivares de trigo da Embrapa - região homogênea de adaptação 4, safra 2015.
Edição: 2015
Fonte/Imprenta: In: REUNIÃO DA COMISSÃO BRASILEIRA DE PESQUISA DE TRIGO E TRITICALE, 8.; SEMINÁRIO TÉCNICO DO TRIGO, 9., 2014, Canela; REUNIÃO DA COMISSÃO BRASILEIRA DE PESQUISA DE TRIGO E TRITICALE, 9.; SEMINÁRIO TÉCNICO DO TRIGO, 10., 2015, Passo Fundo. Anais... Passo Fundo: Biotrigo Genética: Embrapa Trigo, 2015. Ecologia. 1 CD-ROM.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Classificação comercial
Conteúdo: Desde junho de 2012, a Classificação Comercial do trigo é regida pela Instrução Normativa nº 38 (IN n° 38), do MAPA (BRASIL, 2010). Objetivando a adequação a este regulamento e seguindo os critérios definidos pelos obtentores, as cultivares de trigo da Embrapa, indicadas para semeadura na Região Homogênea de Adaptação 4 (RHA 4), que corresponde aos estados de São Paulo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Minas Gerais, Goiás, Bahia e o Distrito Federal, foram reclassificadas de acordo com a seguinte metodologia: 1-As amostras de trigo usadas para a classificação comercial das cultivares foram provenientes de vários ensaios, tais como: Ensaios Preliminares, Valor de Cultivo e Uso, Unidades Demonstrativas, Unidades de Observação, entre outros; 2-A classificação comercial das cultivares foi realizada por Regiões Homogêneas de Adaptação de Cultivares de Trigo (REUNIÃO..., 2013). Na Região 4 foram agrupadas amostras provenientes dos estados acima citados e do Distrito Federal, sendo consideradas, para fim de classificação, no mínimo, seis amostras de trigo; 3-A classificação comercial foi feita com base nos valores de força de glúten e número de queda, de acordo com o estabelecido no Anexo III da IN nº 38, não considerando os valores de estabilidade apresentados no referido Anexo e, 4-Para que uma cultivar fosse enquadrada em uma classe comercial, de acordo com a IN n° 38, foi utilizado como critério de classificação a frequência relativa acumulada mínima de 60% das amostras na classe comercial, somando-se a partir da classe Melhorador até a classe Básico.
Thesagro: Trigo
Ano de Publicação: 2015
Aparece nas coleções:Artigo em anais de congresso (CPAC)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
44.pdf144,62 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace