Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1020890
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Meio Ambiente - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 30-Jul-2015
Tipo do Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: TOCCHETTO, M. R. L.
PEREIRA, L. C.
TOCCHETTO, A. L.
Informaçães Adicionais: MARTA REGINA LOPES TOCCHETTO, UFSM; LAURO CHARLET PEREIRA, CNPMA; ANDRE LOPES TOCCHETTO, UNISINOS.
Título: Fatores motivadores à melhoria contínua do desempenho ambiental.
Edição: 2005
Fonte/Imprenta: In: ENCONTRO NACIONAL SOBRE GESTÃO EMPRESARIAL E MEIO AMBIENTE, 8., 2005, Rio de Janeiro/RJ. Responsabilidade socioambiental num mundo globalizado. Rio de Janeiro/RJ: Fundação Getúlio Vargas, 2005. p. 1-12.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Prevenção
Legislação ambiental
Custos econômicos
Conteúdo: A intensificação regulatória e a preocupação com a preservação ambiental têm contribuído para as empresas implantarem estratégias ambientais. As regulamentações estimulam o controle das atividades induzindo, muitas vezes a melhoria tecnológica. Este contexto determinou a realização da presente pesquisa, para a qual foram estabelecidos os objetivos: a) identificar e analisar os fatores principais motivadores para a implantação de medidas ambientais, b) verificar a inter-relação dos mesmos com a mudança de comportamento ambiental das empresas. A metodologia utilizada foi a investigativa, em estudo de caso. Para tanto, escolheu-se cinco grandes empresas com atividade galvânica no Rio Grande do Sul. O estudo de caso foi desenvolvido, a partir de visita às empresas e de entrevistas. Ainda, complementou-se a busca de informações, com entrevista do Diretor da Divisão de Controle da Poluição Industrial do Órgão Ambiental do Estado. A realização da pesquisa permitiu a obtenção dos seguintes resultados: a) a estruturação do sistema de gestão reflete as diferentes faces das ameaças regulatórias e das oportunidades percebidas pelas empresas; b) as ameaças contribuíram para mudanças organizacionais nas empresas e para uma maior percepção de oportunidades com a implantação de medidas de gestão; c) a implantação de medidas ambientais nas empresas foi fortemente induzida por contingências externas: legislação ambiental e custos; d) na visão do Órgão Ambiental do Estado, um maior rigor na legislação, no controle e na fiscalização tem levado as empresas a melhorem seu desempenho e) há uma tendência à acomodação, por parte das empresas, a novos investimentos ambientais, caso não haja uma crescente exigência, principalmente da legislação. Como conclusão teve-se que a legislação ambiental, além de ser um instrumento de controle, induz as empresas a implantarem sistemas de gestão, confirmando a existência de inter-relação entre exigências legais e mudança de comportamento.
Thesagro: Profilaxia
Ano de Publicação: 2005
Aparece nas coleções:Artigo em anais de congresso (CNPMA)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2005AA065.pdf3,9 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace