Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1021057
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Meio Ambiente - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 2005
Tipo do Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: FAY, E. F.
ABAKERLI, R. B.
GORNI, R.
TATAGIBA, J. da S.
GALVÃO, T. D. L.
MARTINS, D. dos S.
YAMANISH, O. K.
MEDINA, V. M.
SOUZA, D. R. C. de
ROSA, M. A.
RODRIGUES, N. R.
RODRIGUES, E. G. R.
TOLEDO, H. H. B. de
BONIFÁCIO, A.
Informaçães Adicionais: ELISABETH FRANCISCONI FAY, CNPMA; ROSANGELA BLOTTA ABAKERLI, Embrapa Meio Ambiente; Rosangela Gorni, Nestlé, Laboratório Regional São Paulo - SP; Joseli da Silva Tatagiba, Instituto Capixaba de Pesquisa e Assistência Técnica e Extensão Rural - lncaper, Linhares- ES; David Lobo Galvão, Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola S/A - EBDA; David dos Santos Martins, Instituto Capixaba de Pesquisa e Assistência Técnica e Extensão Rural - lncaper, Linhares- ES; Osvaldo Kiyoshi Yamanishi, FAMV/Universidade de Brasília- UNB, Brasília- DF; VALDIQUE MARTINS MEDINA, CNPMF; DEBORA RENATA CASSOLI DE SOUZA, CNPMA; MARIA APARECIDA ROSA, CNPMA; Nadia Regina Rodrigues, CPQBA/Universidade de Campinas- UNICAMP, Campinas- SP; Evani Glaza Ribeiro Rodrigues, CPQBA/Universidade de Campinas - Unicamp; Heloisa Helena Barreto de Toledo, Instituto Adolfo Lutz, São Paulo; Arlindo Bonifácio, CFA/Ministêrio da Agricultura, Pecuária e Abastecimento - MAPA, Brasília - DF.
Título: Resíduos de mancozebe e etu em mamão: efeito do tratamento hidrotérmico pós-colheita.
Fonte/Imprenta: In: SIMPÓSIO DO PAPAYA BRASILEIRO, 2., 2005, Vitória/ES: Incaper, 2005. p. 620-623.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Mancozebe
ETU.
Conteúdo: O mancozebe é um fungicida não sistêmico, e seus resíduos devem ser diferentes em frutos que recebam ou não o tratamento hidrotérmico, por sua remoção da superfície dos frutos. Por outro lado uma das preocupações quanto à sua toxicologia é a formação de um produto de transformação, favorecido pela temperatura, a etilenotiouréia (ETU). A ETU é estável em água e é rapidamente absorvida e metabolizada pelas plantas mas, não é estável quando exposta a matrizes de produtos agrícolas. Os seus resíduos são estabelecidos em 50 µg kg-1 (50ppb) pela União Européia. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito do tratamento hidrotérmico nos resíduos de mancozebe e de ETU em mamão após aplicações sucessivas de mancozebe.
Thesagro: Mamão
Resíduo
Pós-colheita
Tratamento Hidrotérmico.
Ano de Publicação: 2015-07-30
Aparece nas coleções:Artigo em anais de congresso (CNPMA)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2005AA080.pdf1,03 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace