Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1021110
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Meio Ambiente - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 31-Jul-2015
Tipo do Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: PIRES, A. M. M.
MATTIAZZO, M. E.
ANDRADE, C. A. de
Informaçães Adicionais: ADRIANA MARLENE MORENO PIRES, CNPMA; M. E. MATTIAZZO, ESALQ/USP; CRISTIANO ALBERTO DE ANDRADE, CNPMA.
Título: Fitodisponibilidade de metais pesados em solos tratados com lodo de esgoto: a importância do acúmulo na raiz.
Edição: 2005
Fonte/Imprenta: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIA DO SOLO, 2005, Recife/PE. Anais... Recife/PE: IAC, 2005. p. 1-4.
Idioma: pt_BR
Notas: Título: Solos, sustentabilidade e qualidade ambiental.
Palavras-chave: Lodo de esgoto
Conteúdo: O uso agrícola de lodo de esgoto é uma prática interessante tanto sob o ponto de vista econômico como ambiental, contanto que seja realizado o controle da possível contaminação por patógenos, compostos orgânicos persistentes, nitrato e metais pesados. Algumas das preocupações em relação à adição de metais pesados aos solos são: entrada na cadeia alimentar, redução da produtividade agrícola devido a efeitos fitotóxicos, acúmulo no solo, alteração da atividade microbiana e contaminação de recursos hídricos. Considerando a presença de metais pesados no solo, a absorção pelas plantas é a principal via de entrada desses elementos na cadeia alimentar. Desse modo, torna-se imprescindível conhecer os teores fitodisponíveis de metais pesados em solos tratados com lodo de esgoto, de modo a avaliar adequadamente o risco ambiental decorrente da prática considerada. Pode-se dizer que a fitodisponibilidade de metais pesados é resultado da interação entre características do solo e do lodo de esgoto, da atividade radicular e microbiana.
Thesagro: Metal pesado
Raiz
Solo
Ano de Publicação: 2005
Aparece nas coleções:Artigo em anais de congresso (CNPMA)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2005AA093.pdf2,21 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace