Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1021806
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Florestas - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 12-Ago-2015
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: WENDLING, I.
BRONDANI, G. E.
Informaçães Adicionais: IVAR WENDLING, CNPF; Gilvano Ebling Brondani, UFMT.
Título: Vegetative rescue and cuttings propagations of Araucaria angustifolia (Bertol.) Kuntze.
Edição: 2015
Fonte/Imprenta: Revista Árvore, Viçosa, MG, v. 39, n. 1, p. 93-104, 2015.
Idioma: en
Palavras-chave: Estaquia
Silvicultura clonal
Cutting propagation
Clonal forestry.
Conteúdo: A araucária, ou pinheiro-brasileiro (Araucaria angustifolia), é uma conífera subtropical de grande importância econômica, social e ambiental no Sul do Brasil, sendo explorada para produção de madeira e pinhão. No entanto, técnicas eficientes de clonagem não estão disponíveis e, assim, o objetivo deste estudo foi avaliar a efetividade de métodos de resgate vegetativo para estaquia da espécie. Brotações/estacas foram geradas de duas maneiras: árvores de 26 anos sofreram corte raso (decepa) e árvores de 20 anos tiveram seus ramos primários no terço superior da copa podados a 2, 20 e 50 cm do tronco principal. Brotações ortotrópicas foram enraizadas após a aplicação do ácido indol-3-butírico (AIB), a 0, 2, 4 e 6 g.L-1. A decepa produziu 47 estacas por planta, com 90% de brotações ortotrópicas, enquanto a poda de galhos resultou em 182 estacas por planta, com 44% de brotações ortotrópicas. Os índices gerais de enraizamento foram baixos, sem influência do AIB, embora sejam ligeiramente superiores àqueles disponíveis na literatura para a espécie, com variação de 12-30% para as brotações de decepa e de 0-28% para brotações de galhos da copa. Conclui-se que ambas as técnicas de resgate vegetativo são viáveis e têm aplicações potencialmente importantes. A decepa é indicada para a propagação visando à produção de madeira, enquanto brotações derivadas dos ramos laterais da copa são mais apropriadas para a formação de pomares de sementes.
Thesagro: Araucária Angustifólia
Espécie Nativa
Pinheiro do Paraná.
Ano de Publicação: 2015
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CNPF)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015IvarRAVegetative.pdf1,15 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace