Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1022209
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Arroz e Feijão - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 18-Ago-2015
Tipo do Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: CASTRO, M. de C.
WANDER, A. E.
Informaçães Adicionais: MILLADES DE CARVALHO CASTRO, pós-graduação UFG; ALCIDO ELENOR WANDER, CNPAF.
Título: Solução de controvérsia no mercado de algodão: uma abordagem da nova economia institucional.
Edição: 2015
Fonte/Imprenta: In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E SOCIOLOGIA RURAL, 53., 2015, João Pessoa. Agropecuária, meio ambiente e desenvolvimento: anais. João Pessoal: Sober, 2015.
Idioma: pt_BR
Notas: Sober.
Palavras-chave: OMC
Orgação Mundial do Comércio
Conteúdo: Na atual situação de abertura comercial e maior intensidade no comércio entre países, as disputas em relação às práticas desleais de comércio cresceram. Nesse sentido, a criação da Organização Mundial do Comércio (OMC) buscou supervisionar e liberar o comércio internacional. O contencioso do algodão entre o Brasil e os Estados Unidos, iniciado em 2002 e finalizado em 2014, representa um exemplo do papel das instituições na solução de conflitos. Assim, a hipótese central do trabalho considera que a alteração no ambiente institucional, pelo ganho brasileiro na controvérsia do algodão, aumente a possibilidade de intervenções em outros pleitos do agronegócio, no qual o protecionismo e a prática de comércio desleal têm prevalecido. A solução de litígios e o cumprimento das regras estabelecidas pela OMC têm o poder de reduzir os custos de transação.
Thesagro: Algodão
Mercado
Economia
Ano de Publicação: 2015
Aparece nas coleções:Artigo em anais de congresso (CNPAF)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
SoberAlcido1.pdf621,51 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace