Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1022735
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Amazônia Oriental - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 26-Ago-2015
Tipo do Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: SANTOS, G. R.
CASTRO, V. C. G.
FERNANDES, P. C. C.
MARTORANO, L. G.
Informaçães Adicionais: Gabriel Rodrigues Santos, GRADUANDO UFRA; Vinicius C. G. Castro, GRADUANDO UFRA; PAULO CAMPOS CHRISTO FERNANDES, CPAC; LUCIETA GUERREIRO MARTORANO, CPATU.
Título: Estimativas de presença de gases e conteúdo ruminal em bubalinos suplementados com farelo dendê e óleo de palmiste.
Edição: 2015
Fonte/Imprenta: In: SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 19.; SEMINÁRIO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA EMBRAPA AMAZÔNIA ORIENTAL, 3., 2015, Belém, PA. Anais. Belém, PA: Embrapa Amazônia Oriental, 2015.
Páginas: p. 86-90.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Dietas
Bubalino
Espaços no rúmen
Estimativas de gases
Nutrição de ruminantes
Conteúdo: O trabalho foi realizado nos meses de maio a agosto de 2014, sendo avaliados quatro búfalos mestiços das raças Murrah e Mediterrâneo, em quatro tratamentos experimentais, ou seja, o delineamento foi em quadrado latino 4 x 4. Os animais foram mantidos em pastagem cultivada Panicum maximum Jacq cv Mombaça, com livre acesso à água e sal mineral. Avaliou-se os efeitos de suplementação alimentar de ruminantes com farelos de dendê e de trigo, analisando a cinética ruminal, através das técnicas do esvaziamento e, coletas de amostras das porções sólidas e líquidas desse conteúdo. O método de bolas foi utilizado para estimar a média do volume de gás no rúmen. Os resultados evidenciaram que as porções sólida-líquida foi superior a porção vazia comparada em valores numéricos, mas em termos estatísticos não deferiram estatisticamente, indicando volumes semelhantes. Observou-se que a dieta que continha farelo de trigo e farelo de dendê (resíduos da Palma de Óleo) expressou níveis de consumo superiores em 3kg, entre os animais observados. Não houve efeito do tempo de esvaziamento nas quantidades líquida, sólida e gasosa nas dietas aplicadas. A porção do espaço vazio, apresentou média e desvio padrão iguais a 0,11±0,052, entre todos os tratamentos. A dieta controle (CG) apresentou a menor porção do espaço vazio, enquanto a dieta 3 (D3G), contendo Óleo de Palmiste e trigo conteve maior teor do espaço vazio. A adição de Óleo de palmiste proporcionou maior variação entre as frações ruminais.
Ano de Publicação: 2015
Aparece nas coleções:Artigo em anais de congresso (CPATU)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Pibic201518.pdf252,54 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace