Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1022752
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Amazônia Oriental - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 26-Ago-2015
Tipo do Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: ALFAIA, J. P. de
BLANCO, D. G.
PACHECO, N. A.
NORONHA, A. C. da S.
Informaçães Adicionais: Josiane Pacheco de Alfaia, BOLSISTA CPATU; Dímison Garcia Blanco, BOLSISTA PIBIC/CNPQ; NILZA ARAUJO PACHECO, CPATU; ALOYSEIA CRISTINA DA SILVA NORONHA, CPATU.
Título: Incidência de cochonilhas em camucamuzeiro (Myrciaria dubia) em área experimental da Embrapa Amazônia Oriental.
Edição: 2015
Fonte/Imprenta: In: SEMINÁRIO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 19.; SEMINÁRIO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA EMBRAPA AMAZÔNIA ORIENTAL, 3., 2015, Belém, PA. Anais. Belém, PA: Embrapa Amazônia Oriental, 2015.
Páginas: p. 120-123.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Camu-camu
Frutífera nativa.
Conteúdo: O camucamuzeiro (Myrciaria dubia - Myrtaceae) é uma planta tipicamente amazônica, conhecida pelo alto teor de vitamina C em seus frutos. Vários insetos estão associados ao camucamuzeiro entre benéficos (polinizadores) e pragas. O objetivo desse trabalho foi avaliar a presença de cochonilhas em cultivo experimental formado por clones de camucamuzeiro em condição de terra firme na Embrapa Amazônia Oriental, em Belém, PA. As avaliações foram realizadas no período de fevereiro de 2014 a março de 2015 em ramos da copa e folhas das plantas. Foram coletadas cochonilhas pertencentes às famílias Coccidae e Diaspididae. As cochonilhas estiveram presentes nos ramos e folhas das plantas de todos os clones, com incidência de 8,67% a 30,69%.
Thesagro: Hemíptera.
Ano de Publicação: 2015
Aparece nas coleções:Artigo em anais de congresso (CPATU)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Pibic201525.pdf248,2 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace