Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1035120
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Rondônia - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2013
Type of Material: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Authors: SAMPAIO, F. B.
RIBEIRO, C.
NECO, T. de S.
UTUMI, M. M.
GODINHO, V. de P. C.
BROGIN, R. L.
Additional Information: MARLEY MARICO UTUMI, CPAF-RO; VICENTE DE PAULO CAMPOS GODINHO, CPAF-RO; RODRIGO LUIS BROGIN, CNPSO.
Title: Avaliação de genótipos de girassol para Vilhena, RO, na safrinha 2013.
Publisher: In: ENCONTRO DE INICIAÇÃO À PESQUISA DA EMBRAPA RONDÔNIA, 4., 2013, Porto Velho. Anais... Porto Velho: Embrapa Rondônia, 2013. p. 24. Editor técnico: Cléberson de Freitas Fernandes.
Language: pt_BR
Keywords: Helianthus annus
Description: O girassol (Helianthus annus) apresenta-se como cultura promissora para a diversificação da agricultura em todas as regiões do país, sobretudo como alternativa em sistemas de rotação ou em sucessão às culturas de soja e milho. Rondônia, apesar de todas as condições favoráveis não apresenta plantio de girassol em escala comercial. O ensaio foi realizado no campo experimental da Embrapa Rondônia em Vilhena, com o objetivo de avaliar diferentes genótipos de girassol e selecionar os mais adequados para o cultivo no cerrado de Rondônia. A semeadura foi realizada nos dias 6 e 7 de março de 2013, em delineamento de blocos casualizados, com três repetições; a parcela foi composta por 4 linhas de 5 m de comprimento, espaçadas em 0,90 m e parcela útil constituída por 2 linhas centrais de 4 m. As variáveis avaliadas foram dias para floração inicial, altura de planta, número de dias para maturação fisiológica, tamanho do capítulo e produtividade média de grãos (corrigida para 13% de umidade). O ensaio foi composto por oito genótipos: 12P3H1, 12P3H2, 12P3H3, 12P3H4, 12P3H5, 12P3H6 e as testemunhas: M734(T) e SYN039A(T). Os resultados foram analisados com software GENES, por meio de análise de variância e aplicação de teste Tuckey (P<0,01). Todas as variáveis apresentaram diferença significativa pelo teste F, exceto tamanho de capítulo. A média para início de florescimento foi de 57 dias após a semeadura. A altura média de plantas foi de 168 cm (variando entre 156 cm a 194 cm). A maturação fisiológica foi atingida, em média, aos 83 dias após a semeadura. A produtividade média foi de 1.682 kg.ha-1 , sendo o genótipo 12P3H3 o mais produtivo com 2.261 kg.ha-1 . Os resultados obtidos serão utilizados em análise com resultados de outros anos e localidades para indicar os melhores genótipos para cultivo na região.
Data Created: 2016-01-26
Appears in Collections:Resumo em anais de congresso (CPAF-RO)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
IVeiper2013p24.pdf74,2 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace