Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1036984
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Florestas - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 15-Fev-2016
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: COSTA, M. de A. A.
SANTOS, V. A. H. F. dos
VIEIRA, C. V.
FARIAS NETO, A. L. de
MENEGUCI, J. L. P.
ZOLIN, C. A.
LULU, J.
PORFIRIO-DA-SILVA, V.
Informaçães Adicionais: MAYRA DE ALENCAR ARAUJO COSTA, UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO; VICTOR ALEXANDRE HARDT FERREIRA DOS SANTOS, UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO; CARLOS VINÍCIO VIEIRA, UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO; AUSTECLINIO LOPES DE FARIAS NETO, CPAMT; JOAO LUIZ PALMA MENEGUCI, SPM E Rondonopolis; CORNELIO ALBERTO ZOLIN, CPAMT; JORGE LULU, CPAMT; VANDERLEY PORFIRIO DA SILVA, CNPF.
Título: Aspectos ecofisiológicos e de crescimento de Eucalyptus urograndis submetido à suplementação hídrica em plantios clonais.
Edição: 2015
Fonte/Imprenta: Revista de Biologia Neotropical, v. 12, n. 1, p. 44-57, 2015.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Eucalyptus urograndis
Espécie exótica
Crescimento de planta
Déficit hídrico
Ecofisiologia florestal.
Conteúdo: O objetivo deste trabalho foi avaliar características fisiológicas e dendrométricas de um clone de Eucalyptus grandis W. Hill ex Maiden X E. urophylla S. T. Blake sob suplementação hídrica, em condições de campo, do início da estação seca até a estação chuvosa. O experimento foi conduzido em delineamento em blocos casualizados, com quatro repetições e quatro tratamentos. As parcelas foram constituídas por 56 plantas e a área útil por 18 plantas. Os tratamentos consistiram na aplicação semanal de quatro níveis de água (0, 9, 18 e 30 mm de água por planta) a partir do início da época seca, cessando no início da época chuvosa. As características avaliadas foram: fotossíntese líquida, condutância estomática, transpiração, diâmetro à altura do peito, diâmetro à altura do colo e altura. Na época seca, os maiores valores para as variáveis fisiológicas foram observados no grupo de plantas que recebeu o maior nível de água, entretanto, todas apresentaram desempenho significativamente superior na época chuvosa. As variáveis dendrométricas sofreram ligeira influência em função dos níveis de água, porém, igualaram-se para todos os tratamentos no final do experimento. Dessa maneira, para o clone avaliado, os manejos hídricos adotados não foram eficientes em promover o maior crescimento das plantas.
Thesagro: Eucalipto.
Ano de Publicação: 2015
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CNPF)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2015PorfirioRBNAspectos.pdf789,73 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace