Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1039827
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Semiárido - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 7-Mar-2016
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: DOUSSEAU, S.
RODRIGUES, A. C.
LIRA, J. M. S.
RIBEIRO JUNIOR, P. M.
PACHECO, F. V.
ALVARENGA, A. A. de
RESENDE, M. L. V.
PAULA, A. C. C. F. D. de
Informaçães Adicionais: SARA DOUSSEAU, INCAPER; AMANDA CRISTIANE RODRIGUES, UFLA; JEAN MARCEL SOUSA LIRA, UFLA; PEDRO MARTINS RIBEIRO JUNIOR, CPATSA; FERNANDA VENTORIM PACHECO, UFLA; AMAURI ALVES DE ALVARENGA, UFLA; MARIO LÚCIO VILELA RESENDE, UFLA; ANA CARDOSO CLEMENTE FILHA FERREIRA DE PAULA, Departamento de Ciências Agrárias, Instituto Federal de Minas Gerais (IFMG), Bambuí, MG.
Título: Aplicação exógena de quitosana no sistema antioxidante de jaborandi.
Edição: 2016
Fonte/Imprenta: Ciência Rural, Santa Maria, v. 46, n. 1, p. 191-197, jan. 2016.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Eliciador quitosana
SOD
CAT
Conteúdo: A aplicação de eliciadores em plantas é utilizada em estudos de fisiologia para compreensão dos mecanismos de defesa ao ataque de herbívoros ou infecção por patógenos. Em virtude disso, foi avaliado o efeito do eliciador exógeno quitosana no sistema antioxidante enzimático de jaborandi (Piper mollicomum Kunth). Foram avaliadas as atividades das enzimas ascorbato peroxidase (APX), catalase (CAT) e superóxido dismutase (SOD) e as concentrações de peróxido de hidrogênio (H2O2) e malonaldeído (MDA), ambas análises para verificar a peroxidação lipídica. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados (DBC), constituído de um fatorial (5x2) composto pelos controles sem quitosana (plantas sem pulverização e plantas pulverizadas apenas com o solvente de diluição da quitosana) e concentrações de quitosana (2,5; 5,0 e 10,0 g L-1) em dois estádios de desenvolvimento foliar (em desenvolvimento e completamente expandida). Nas folhas completamente expandidas, o sistema antioxidante foi mais ativo. A CAT teve maior participação no sequestro de radicais livres, induzido pela aplicação da quitosana em ambos os estádios de desenvolvimento foliar. A APX foi induzida somente nas folhas completamente expandidas e na maior concentração de quitosana. O método do MDA foi melhor para evidenciar a diferença nos teores de peróxido de hidrogênio, em função do estresse induzido pela quitosana. De acordo com os resultados obtidos neste ensaio, pode-se sugerir que, nas plantas de jaborandi, as enzimas antioxidativas são requisitadas em resposta ao eliciador em questão, a quitosana, compondo, assim, o mecanismo de defesa dessas plantas.
Thesagro: Jaborandi
Doença
NAL Thesaurus: Piper mollicomum
Ano de Publicação: 2016
ISSN: 0103-8478
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (CPATSA)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Pedro2016.pdf261,86 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace