Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1042710
Unidade da Embrapa/Coleção:: Embrapa Algodão - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Data do documento: 6-Abr-2016
Tipo do Material: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Autoria: PERINA, F. J.
BOGIANI, J. C.
SILVA, F. I. S.
SOUZA, M. M.
FERREIRA, A. C. de B.
BORIN, A. L. D. C.
Informaçães Adicionais: FABIANO JOSE PERINA, CNPA; JULIO CESAR BOGIANI, CNPA; FRANCISCO F. I. SILVA, Fundação Bahia; MARCELLA M. SOUZA, Fundação Bahia; ALEXANDRE CUNHA DE B FERREIRA, CNPA; ANA LUIZA DIAS COELHO BORIN, CNPA.
Título: Influência do espaçamento entre linhas e da relação entre espaçamento-altura na podridão de maçãs do algodoeiro.
Edição: 2015
Fonte/Imprenta: In: CONGRESSO BRASILEIRO DO ALGODÃO, 10., 2015, Foz do Iguaçu. Resumos. Brasília, DF: ABRAPA, 2015.
Idioma: pt_BR
Palavras-chave: Apodrecimento de maçã
Altura de planta
Adensamento
Conteúdo: A podridão de maçãs é um dos problemas fitossanitários mais importantes para a cultura do algodoeiro no Brasil. Sob condições de elevada umidade e precipitação pluviométrica no período de abertura ou formação das maçãs, essa enfermidade provoca prejuízos expressivos. A podridão de maçãs pode ocorrer tanto antes como após sua abertura, e é caracterizada pela ação de um complexo de agentes patogênicos primários e secundários, sendo registra dos mais de uma centena de microrganismos associados.
Ano de Publicação: 2015
Aparece nas coleções:Resumo em anais de congresso (CNPA)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
38INFLUENCIADOESPACAMENTO.pdf74,53 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace