Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1051288
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Amazônia Oriental - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Date Issued: 2016
Type of Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Authors: FORTES, A. C. R.
OLIVEIRA, M. do S. P. de
OLIVEIRA, N. P. de
SANCHES, E. de N. M.
CUNHA, E. F. M.
Additional Information: Andréa Cristina Rodrigues Fortes, UFRA; MARIA DO SOCORRO P DE OLIVEIRA, CPATU; Natália Padilha de Oliveira, UFLA; Eliciany de Nazaré Miranda Sanches, UFRA; ELISA FERREIRA MOURA CUNHA, CPATU.
Title: Transferibilidade de locos microssatélites desenvolvidos em outras espécies de palmeiras para Astrocaryum vulgare Mart.
Publisher: Revista de Ciências Agrárias, v. 59, n. 1, p. 80-86, jan./mar. 2016.
Language: pt_BR
Keywords: Amplificação
SSR
Tucumã-do-Pará.
Description: Astrocaryum vulgare Mart., conhecida por tucumã-do-Pará, possui uso popular na região amazônica e grandes potencialidades de aproveitamento em indústrias farmacêutica, cosmética e de biodiesel. A exploração ainda é extrativista, tornando fundamentais informações sobre a variabilidade genética existente em áreas de ocorrência natural. A variabilidade genética pode ser acessada por marcadores microssatélites ou SSR, considerados ideais para estudo em populações naturais. Entretanto, não há relatos de desenvolvimento de microssatélites para A. vulgare. O objetivo foi avaliar a transferibilidade de locos SSR desenvolvidos para outras espécies de palmeiras em A. vulgare. Realizou-se a extração de DNA a partir de amostras de folíolos de tucumanzeiros de sete povoamentos e após a quantificação os DNA?s foram submetidos à PCR, com os locos desenvolvidos para Bactris gasipaes, Phoenix dactylifera e Astrocaryum aculeatum. As condições de amplificação seguiram o protocolo desenvolvido para A. aculeatum, com pequenas adaptações. Os produtos amplificados foram aplicados em gel de agarose a 3,5%, corado com brometo de etídio e submetidos à eletroforese horizontal. Os perfis dos géis foram fotodocumentados e as imagens armazenadas digitalmente. A transferibilidade dos locos foi avaliada com base na amplificação dos produtos, sua nitidez e ausência de bandas inespecíficas. Todos os locos de A. aculeatum e a maioria dos de B. gasipaes amplificaram, com 75% deles transferíveis para o genoma de A. vulgare, enquanto que apenas dois dos locos de P. dactylifera amplificaram, com muitas bandas inespecíficas, mostrando-se inviáveis para estudos do genoma da espécie.
Thesagro: Polimorfismo.
Data Created: 2016-08-19
Appears in Collections:Artigo em periódico indexado (CPATU)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
18449496.pdf1,46 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace