Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/105595
Unidade da Embrapa/Coleção:: Área de Informação da Sede - Artigo em periódico indexado (ALICE)
Data do documento: 27-Ago-2001
Tipo do Material: Artigo em periódico indexado (ALICE)
Autoria: VINSON, S.B.
Título: Can semiochemicals alter the use of parasites in IPM programs?
Edição: 1992
Fonte/Imprenta: Pesquisa Agropecuaria Brasileira, Brasilia, v.27, s/n, p.301-313, abr.1992
Idioma: en
Palavras-chave: Hymenoptera
hospedeiros
resistencia vegetal
producao in vitro
ma-nipulacao de comportamento
Conteúdo: Os semioquimicos estao sendo cada vez mais fadados a desempenhar um papel importante na localizacao e aceitacao de hospedeiros pelos himenopteros parasitas. Os papeis dessas substancias variam desde o estimulo aos parasitas a procurarem hospedeiros, ate a influencia em especies de hospedeiros atacados. A fonte desses compostos varia em relacao a plantas, hospedeiros, e organismos associados. Em plantas, os compostos semioquimicos compreendem uma parte importante da resistencia vegetal a pragas, a qual pode ser injustamente desprezada. Esses compostos podem atrair e reter parasitas em ambientes selecionados, e podem influir no nivel de parasitismo. O resultado e que um dos maiores problemas no uso de insetos parasitas em sistemas de manejo de inseto-pragas (MIP), que e a demora na resposta de parasitas ao crescimento da populacao hospedeira, pode ser superado. Embora a premissa seja de que as substancias semioquimicas podem atrair, reter e estimular parasitas a agirem em sistemas de cultivo antes que a populacao de pragas comece a crescer, perguntamos: qual e o nosso estado de conhecimento, e onde estamos, no tocante ao uso de compostos semioquimicos em manejo de pragas? Este assunto e aqui discutido; porem, o progresso significativo na direcao do uso pratico desses compostos pode bem depender da viabilidade de producao, em massa, de especies parasitas. Esta sendo alcançado progresso rapido na producao in vitro de insetos-parasitas. E apresentado, aqui, o es-tado da produção in vitro e o modo pelo qual os esforços combinados das duas areas (producao in vitro e manipulacao de comportamento) fornecem a tecnologia meios para alterar significativamente o nosso uso de insetos parasitas para o manejo de inseto-pragas.
Ano de Publicação: 1992
Aparece nas coleções:Artigo em periódico indexado (AI-SEDE) / Embrapa Informação Tecnológica (SCT)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
pab25abresp92.pdf674,21 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace