Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1060611
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Uva e Vinho - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2016
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: SOMAVILLA, L. M.
BRUNETTO, G.
TASSINARI, A.
PAULA, B. V. de
DE CONTI, L.
COUTO, R. da R.
MELO, G. W. B. de
Additional Information: Luiza Michelon Somavilla, Estudante de Engenharia Florestal; Universidade Federal de Santa Maria; Av. Roraima, nº 1000, Cidade Universitária, Bairro Camobi, 97105900, Santa Maria, RS; luiza_somavilla@hotmail.com; Gustavo Brunetto, Professor do Departamento de Solos; Universidade Federal de Santa Maria; Adriele Tassinari, Estudante de Agronomia; Universidade Federal de Santa Maria; Betania V. de Paula, Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Ciência do Solo; Universidade Federal de Santa Maria; Lessandro De Conti, Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Ciência do Solo; Universidade Federal de Santa Maria; Rafael da Rosa Couto, Pós-doutorando do Programa de Pós-Graduação em Ciência do Solo; Universidade Federal de Santa Maria; GEORGE WELLINGTON BASTOS DE MELO, CNPUV.
Title: Decomposição e liberação de nutrientes de resíduos de plantas de cobertura em vinhedo.
Publisher: In: REUNIÃO SUL-BRASILEIRA DE CIÊNCIA DO SOLO, 11., 2016, Frederico Westphalen, RS.
Language: pt_BR
Keywords: Videira.
Description: RESUMO: Espécies de plantas de cobertura solteiras ou consorciadas são cultivadas em vinhedos para proteção da superfície do solo e ciclagem de nutrientes. O presente trabalho objetivou avaliar a decomposição e a liberação de nutrientes de resíduos de plantas de cobertura, solteiras e consorciadas, em vinhedos. O experimento foi realizado no período de setembro de 2014 a fevereiro de 2015, em um vinhedo em Santana do Livramento (RS). Os tratamentos foram 100% aveia (AV), 100% ervilhaca (EA), 80% AV+20% ervilhaca (EA), 60% AV+40% EA, 40% AV+60% EA e 20% AV+80% EA. No tempo zero, 15, 30, 45, 60, 90, 120 e 150 após a deposição das bolsas de decomposição os resíduos foram coletados, secos, determinado a matéria seca e, em seguida, preparados para a análise do total de N e P. A maior perda de matéria seca e a maior liberação de N aconteceu nos tratamentos com maior porcentagem de ervilhaca. Mas, as menores perdas de matéria seca e liberação de N foi observado no tratamentos com maior porcentagem de aveia-preta. A maior liberação de P ocorreu nos tratamentos com plantas solteiras e naqueles consorciados com maior porcentagem de ervilhaca.
Thesagro: Uva
Avena Strigosa
Vicia Sativa.
Data Created: 2017-01-12
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CNPUV)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Decomposicaoeliberacaodenutrientes......pdf343,67 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace