Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1083575
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Semiárido - Artigo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2017
Type of Material: Artigo em anais de congresso (ALICE)
Authors: SENA, J. M. A. de
MOURA, M. S. B. de
KIILL, L. H. P.
ALBERTON, B. de C.
MORELATTO, L. P. C.
Additional Information: JOANA MAYRA ALVES DE SENA, Bolsista PIBIC/FACEPE; MAGNA SOELMA BESERRA DE MOURA, CPATSA; LUCIA HELENA PIEDADE KIILL, CPATSA; BRUNA DE COSTA ALBERTON, Professora da UNESP Universidade Estadual Paulista, Rio Claro; LEONOR PATRÍCIA CERDEIRA MORELATTO.
Title: Clima e fenologia de espécies em área de Caatinga preservada.
Publisher: In: CONGRESSO BRASILEIRO DE AGROMETEOROLOGIA, 20; SIMPÓSIO DE MUDANÇAS CLIMÁTICAS E DESERTIFICAÇÃO NO SEMIÁRIDO BRASILEIRO, 5., 2017, Juazeiro, BA. A agrometeorologia na solução de problemas multiescala: anais. Petrolina: Embrapa Semiárido; Juazeiro: UNIVASF; Campinas: Sociedade Brasileira de Agrometeorologia, 2017.
Language: pt_BR
Keywords: Brotamento
Precipitação
Natural resource
Description: Este trabalho teve como objetivo estudar a fenologia de seis espécies da Caatinga e sua associação com os dados climáticos em uma área de Caatinga preservada da Embrapa Semiárido, Petrolina-PE no ano de 2016. Os dados climáticos da estação agrometeorológica da Caatinga foram utilizados para caracterizar o período de estudo. Observações da fenologia vegetativa e reprodutiva foram feitas semanalmente em indivíduos de Commiphora leptophloeos, Manihot pseudoglaziovii, Sapium sp.,Cnidoscolus quercifolius, Senegalia piauhiensis, Poincianella microphylla. As espécies apresentaram padrão fenológico similar, mostrando estreita relação com a precipitação. As maiores taxas de brotamento foram registradas de janeiro e maio, com a estação de chuvas, enquanto os maiores percentuais de senescência foliar foram observados de maio a outubro, durante a seca. A floração foi observada em 66,7% das espécies, principalmente no período de janeiro e fevereiro, no início da estação chuvosa, com taxas que variaram de 55 a 75%. Já a frutificação ocorreu no período de janeiro a abril, em 50% das espécies. As fenofases vegetativas e reprodutivas foram relacionadas com a precipitação local e as espécies estudadas foram consideradas como caducifólias, perdendo totalmente suas folhas durante o período seco.
Thesagro: Clima
Caatinga
Vegetação nativa
Fenologia
Floração
Frutificação
Senescência
Data Created: 2017-12-26
Appears in Collections:Artigo em anais de congresso (CPATSA)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Magna7.pdf127,89 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace