Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1093267
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Rondônia - Resumo em anais de congresso (ALICE)
Date Issued: 2018
Type of Material: Resumo em anais de congresso (ALICE)
Authors: KLAHOLD, J. M.
BRIZOLLA, R. M.
GODINHO, V. de P. C.
UTUMI, M. M.
BROGIN, R. L.
BOTELHO, F. J. E.
Additional Information: Juliano Matheus Klahold, Graduando em Agronomia, Faculdade Marechal Rondon (FARON); Rafael Morbeque Brizolla, Graduando em Agronomia, Faculdade Marechal Rondon (FARON); VICENTE DE PAULO CAMPOS GODINHO, CPAF-Rondonia; MARLEY MARICO UTUMI, CPAF-Rondonia; RODRIGO LUIS BROGIN, CNPSO; FREDERICO JOSE EVANGELISTA BOTELHO, CPAF-Rondonia.
Title: Custo estimado de produção de milho de 2ª safra (safrinha), em plantio direto, na região de Porto Velho-RO, 2019.
Publisher: In: ENCONTRO DE INICIAÇÃO À PESQUISA DA EMBRAPA RONDÔNIA, 9.; ENCONTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO, 4., 2018, Porto Velho. Anais... Porto Velho: Embrapa Rondônia, 2018. p.30. Editor técnico: Luiz Francisco Machado Pfeifer.
Pages: 1p.
Language: pt_BR
Keywords: Grãos
Description: Em Rondônia a semeadura da segunda safra de milho foi finalizada na segunda quinzena de março, com cultivo fora da janela ideal, por causa do atraso na colheita da soja e a recente valorização na cotação do grão, mas com uso de menor tecnologia, especialmente sementes e fertilizantes. O atraso no semeio e menor investimento tecnológico poderão limitar o potencial produtivo da cultura. Os custos impactam fortemente na rentabilidade da lavoura, devendo o produtor ter a certeza dos gastos e remuneração atingidos, assim foi realizado o levantamento de preços regional e calculado os custos variável, fixo e total. Na região de Porto Velho-RO, apesar da excelente logística para exportação do cereal, este tem sido melhor remunerado no mercado local. O custo variável se refere às despesas realizadas com fatores de produção, cujas quantidades podem ser modificadas de acordo com o nível de produção escolhido, tais como: aquisição de sementes, fertilizantes, defensivos, combustíveis, lubrificantes, manutenção de máquinas e equipamentos, mão de obra e juros sobre capital circulante; para a região de Porto Velho será de R$ 1.816,54. O custo fixo foi remunerado pela cultura principal (soja) e são os fatores de produção, cujas quantidades não deverão ser modificadas em curto prazo como: depreciação, conservação e juros sobre o capital empregado, o custo de oportunidade da terra, benfeitorias, máquinas, equipamentos e mão de obra fixa, e representa a parte dos custos que o produtor terá que assumir, mesmo que os recursos não estejam sendo plenamente utilizados. O somatório do custo fixo e variável é denominado custo total, que no ano agrícola 2018/2019, na região de Porto Velho-RO, para milho PRO2, foi estimado em R$1.816,54.
Thesagro: Custo de Produção
Safrinha
Milho
Data Created: 2018-07-13
Appears in Collections:Resumo em anais de congresso (CPAF-RO)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EIPER2018CustoKLAHOLDetal.pdf153,38 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace