Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1094454
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Solos - Tese/dissertação (ALICE)
Date Issued: 2013
Type of Material: Tese/dissertação (ALICE)
Authors: TAVARES, M. A. de M. E.
Additional Information: MARÍLIA AMARAL DE MOURA ESTEVÃO TAVARES, UFPB.
Title: Estudo da viabilidade da produção de briquetes e seus possíveis impactos sobre o meio ambiente e o mercado de trabalho da região do baixo-Açu, RN.
Publisher: 2013.
Pages: 246 f.
Language: pt_BR
Notes: Dissertação (Mestrado em Economia do Trabalho e Economia de Empresas) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa. Orientador: Ivan Targino Moreira, UFPB; Coorientador: Silvio Roberto de Lucena Tavares, CNPS.
Description: Noventa e oito por cento do território do Rio Grande do Norte estão incluídos nas chamadas Áreas Susceptíveis à Desertificação do Brasil (ASD). Na região do Baixo-Açu, o desmatamento sistemático e sem critério da mata nativa para atender às necessidades do polo ceramista e de outras pequenas indústrias locais tem intensificado o quadro de devastação ambiental, já considerado grave pelo Ministério do Meio Ambiente. A pesquisa de campo elaborada para dimensionar o consumo de lenha e carvão vegetal na região revelou que a demanda por esses dois combustíveis é oito vezes maior do que a oferta, de acordo com os dados do IBGE sobre a produção extrativista dos nove municípios que compõem a região. Este estudo examinou a viabilidade de implantação de um embrião de Arranjo Produtivo Local de briquetes (lenha ecológica) no Campus Ipanguaçu do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte, a fim de contribuir para o desenvolvimento de políticas públicas que promovam a recuperação de áreas desmatadas e aliviar a pressão antrópica sobre a caatinga. Os briquetes seriam produzidos para substituir a lenha e o carvão vegetal como combustível, especialmente no polo cerâmico da região. A matéria-prima principal são os resíduos da produção de cera de carnaúba, suficientes para garantir a produção de cinco fábricas com capacidade de produzir 4.800 t/ano de briquetes cada. Além da palha de carnaúba, será utilizado capim-elefante para compor 20% do blend dos briquetes. As estimativas de custos de manutenção da biofábrica foram feitas tendo como parâmetros os dados de uma planta industrial idêntica, localizada no Paraná. Esses dados foram sistematizados em planilhas do software Make Money, usado na avaliação da viabilidade econômica a partir de aferidores como Valor Presente Líquido (VPL), Payback e Taxa Interna de Retorno (TIR). Os resultados comprovaram que o empreendimento é viável. Além da análise para a fábrica real, em construção no campus do IFRN, este trabalho gerou dois outros produtos: a análise de viabilidade econômica de outra fábrica, de caráter mais comercial, com custos de implantação menores, e modelos de estimação do VPL, Payback e TIR em cinco, 10, 15 e 20 anos, para quaisquer valores de compra de biomassa e de venda do briquete, sob as mesmas condições das fábricas analisadas. O objetivo foi disponibilizar uma ferramenta de análise de viabilidade econômico-financeira para futuras fábricas semelhantes que venham a se instalar na região, gerando ocupação e renda à população e permitindo a recomposição da mata nativa.
Thesagro: Briquete
Produção
Palha
Carnaúba
Meio Ambiente
Caatinga
Data Created: 2018-08-23
Appears in Collections:Tese/dissertação (CNPS)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DissertacaoMariliaAmaraldeMouraEstevaoTavares2013.pdf5,85 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open

FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace