Please use this identifier to cite or link to this item: http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1103991
Research center of Embrapa/Collection: Embrapa Agrossilvipastoril - Capítulo em livro científico (ALICE)
Date Issued: 2019
Type of Material: Capítulo em livro científico (ALICE)
Authors: PITTA, R. M.
RODRIGUES, S. M. M.
CORASSA, J. de C.
QUEIROZ, L. F. de
NUNES, N. R.
Additional Information: RAFAEL MAJOR PITTA, CPAMT; SANDRA MARIA MORAIS RODRIGUES, CNPA; JANAÍNA DE NADAI CORASSA, UFMT; LUCAS FERRAZ DE QUEIROZ, UFMT; NAIRA RIGO NUNES, UFMT.
Title: Manejo da resistência de Helicoverpa armigera em sistemas de produção em Mato Grosso.
Publisher: In: FARIAS NETO, A. L. de; NASCIMENTO, A. F. do; ROSSONI, A. L.; MAGALHÃES, C. A. de S.; ITUASSU, D. R.; HOOGERHEIDE, E. S. S.; IKEDA, F. S.; FERNANDES JUNIOR, F.; FARIA, G. R.; ISERNHAGEN, I.; VENDRUSCULO, L. G.; MORALES, M. M.; MONTEIRO, R. A. C. (Ed.). Embrapa Agrossilvipastoril: primeiras contribuições para o desenvolvimento de uma agropecuária sustentável. Brasília, DF: Embrapa, 2019. pt. 6, cap. 3, p. 398-401.
Language: pt_BR
Keywords: Sistemas integrados
Mato Grosso
Sinop-MT
Description: O Mato Grosso é considerado o maior produtor de grãos do país com 53 mil toneladas na safra de 2015/2016. A produção de grãos de milho, soja e algodão tem sido ameaçada devido ao surgimento impactante de lagartas como Helicoverpa armigera. Praga polífaga que pode se multiplicar continuamente durante períodos adequados, explorando uma sucessão de diferentes hospedeiros cultivados e não cultivados durante uma safra, suas populações podem persistir em baixas densidades em áreas aparentemente desfavoráveis, uma vez que as fêmeas têm alta probabilidade de localizar um hospedeiro capaz de sustentar o desenvolvimento da larva. Apesar de haver diversos registros de resistência dessa espécie a diversas moléculas inseticidas, no Brasil os níveis de susceptibilidade desse inseto-praga aos inseticidas são desconhecidos, porém, as dificuldades de controle e os grandes prejuízos causados a cultura da soja, nos leva a crer que esses insetos tem um significativo grau de resistência. Dessa forma, estudos sobre os níveis de suscetibilidade aos principais inseticidas utilizados em Mato Grosso são necessários para orientar os produtores quanto à escolha das moléculas inseticidas para utilizar em um sistema que deve ser feito a fim de controlar esses insetos e evitar maior pressão de seleção do inseticida à praga, haja vista que são pragas polífagas e se alimentam das principais culturas cultivadas nesse Estado (soja, milho, algodão, milheto, sorgo, crotalária e girassol). Portanto, o monitoramento dos níveis de suscetibilidade de H. armigera aos inseticidas é essencial para avaliar a real eficiência das moléculas inseticidas, o que possibilita uma correta tomada de decisão quanto à qual grupo químico deve ser utilizado, além de permitir identificar quando os níveis de suscetibilidade são restabelecidos.
Thesagro: Manejo
Resistência
Helicoverpa Zea
Sistema de Produção
Milho
Soja
Algodão
Data Created: 2019-01-14
Appears in Collections:Capítulo em livro científico (CPAMT)


FacebookTwitterDeliciousLinkedInGoogle BookmarksMySpace